Skip to Content

Category Archives: Rock pelo mundo

Pete Doherty é preso pela segunda vez em 48 horas

No último domingo, 11, Pete Doherty foi preso pela segunda vez em 48 horas. Dessa vez, o músico foi detido após se envolver em uma briga com um jovem de 19 anos, em um bar em Paris, no distrito de Saint-German-des-Pres.

De acordo com informações divulgadas pelo site Daily Mail, o britânico foi visto dando socos no menino e, segundo uma testemunha que estava no local, “antes de ser interrogado pela polícia, Doherty foi colocado em um canto para ficar mais sóbrio”.

Isso tudo aconteceu poucas horas depois dele ser preso por policiais que o abordaram logo após ele ter comprado 2 gramas cocaína no bairro de Pigalle.

Arash Derambarsh, advogado do vocalista do Libertines, disse que o músico, após ser liberado da primeira detenção do fim de semana, foi para casa tomar os remédios para dormir, que costuma tomar, e em seguida saiu para comemorar ainda de pijamas.

“[Pete queria] sair para comemorar a soltura dele em um bar que tem perto. Ele bebeu, e outras pessoas fizeram ele beber”, declarou Derambarsh.

O portal responsável por revelar a notícia também acredita que o garoto de 19 anos tenha apresentado uma queixa à polícia, com a alegação de que teria sido agredido em uma “briga de bêbado”.

 

Fonte: Rolling Stone

Os 25 melhores álbuns de rock desta década

O website Consequence of Sound (CoS) elaborou uma lista com aqueles que considera serem os melhores álbuns rock desta década, prestes a findar.

O CoS explica que, ainda que o hip-hop tenha ultrapassado o rock no que toca às preferências globais dos melómanos, esta década não foi tão má para o género como possa parecer – e da exemplos.

Da lista fazem parte nomes bem conhecidos como os Foo Fighters, Tame Impala ou Vampire Weekend, bem como artistas como Kurt Vile ou St. Vincent. Aliás, o CoS menciona ainda que, nesta década, o rock “pertenceu às mulheres”.

Confira aqui a lista:

25. Queens of the Stone Age – …Like Clockwork (2013)
24. Kurt Vile – Wakin on a Pretty Daze (2013)
23. Weezer – Everything Will Be Alright in the End (2014)
22. Japandroids – Celebration Rock (2012)
21. Spiritualized – Sweet Heart, Sweet Light (2012)
20. Titus Andronicus – The Most Lamentable Tragedy (2015)
19. Cloud Nothings – Attack on Memory (2012)
18. Lucy Dacus – Historian (2018)
17. Sleater Kinney – No Cities to Love (2016)
16. Sharon Van Etten – Remind Me Tomorrow (2019)
15. Foo Fighters – Wasting Light (2011)
14. Nick Cave and the Bad Seeds – Skeleton Tree (2016)
13. Arctic Monkeys – AM (2013)
12. LCD Soundsystem – This Is Happening (2010)
11. Angel Olsen – My Woman (2016)
10. Against Me! – Transgender Dysphoria Blues (2014)
09. The National – High Violet (2010)
08. M83 – Hurry Up, We’re Dreaming (2011)
07. Arcade Fire – The Suburbs (2010)
06. David Bowie – Blackstar (2016)
05. The War on Drugs – Lost in the Dream (2014)
04. Tame Impala – Currents (2016)
03. Mitski – Be the Cowboy (2018)
02. St. Vincent – Strange Mercy (2011)
01. Vampire Weekend – Modern Vampires of the City (2013)

 

Fonte: Blitz

Morre Robert Freeman, fotógrafo de capas dos Beatles como Rubber Soul

O ex-Beatle Paul McCartney prestou homenagem a Robert Freeman, que morreu hoje aos 82 anos, um dos fotógrafos favoritos do lendário grupo britânico e que fez várias capas de seus álbuns mais icônicos. “Era um de nossos fotógrafos favoritos durante os anos dos Beatles, que fez várias de nossas capas”, escreveu McCartney em seu site.

“Ele era um ótimo profissional, mas também muito criativo e um verdadeiro pensador original”, acrescentou.

“As pessoas pensam que nossa capa de Meet the Beatles foi feita minuciosamente em estúdio. Na verdade, estávamos no corredor de um hotel e uma luz natural entrava pelo corredor. Não demorou mais de meia hora para ele conseguir a foto”, contou Paul. Robert Freeman, nascido em 5 de dezembro de 1936, fez a capa de With the Beatles (1963), o segundo álbum dos Fab Four, e também de Beatles for Sale (1964), Help! (1965) e Rubber Soul (1965).

Outro ex-Beatle, Ringo Starr, também prestou homenagem ao fotógrafo no Twitter. “Que Deus abençoe Robert Freeman, paz e amor para toda a sua família”. A conta oficial dos Beatles no Twitter, que anunciou a morte na sexta-feira, não informou a causa. Freeman, que começou sua carreira no jornal britânico The Sunday Times, também foi o fotógrafo do primeiro calendário Pirelli em 1964, no qual aparecem jovens nus.

 

Fonte: UOL

Foo Fighters: Dave Grohl considera Holy Diver um dos melhores álbuns de todos os tempos

No último dia 07 de novembro (quinta-feira), o vocalista/guitarrista do Foo Fighters Dave Grohl esteve no evento beneficente “Bowl For Ronnie”.

O evento, que foi realizado na cidade de Los Angeles, é um torneio de boliche entre celebridades, que além de celebrar a carreira de Ronnie James Dio, arrecada fundos para a fundação “Stand Up And Shout Cancer Fund”.

O líder do Foo Fighters foi perguntado por Eric Blair sobre como a música de Ronnie James Dio o influenciou: “Bem, Holy Diver é um dos melhores álbuns de todos os tempos… Vinny Appice está tocando nessa porra de álbum de maneira insana…”

Grohl também falou sobre a simplicidade das composições de Dio: “Essa é uma das coisas que eu sempre amei na música de Dio – não é muito complicada ou orquestrada; é uma soma de algumas partes muito simples e é poderosa. E eu cresci com tudo isso. Lembro-me de ter 13 ou 14 anos e assistir “Stand Up And Shout” ao vivo no ‘Don Kirshner Rock Concert’ na noite de sexta-feira. E isso faz você querer se tornar um músico. Você vê algo assim e é tão comovente e inspirador que você fica tipo, ‘Oh meu Deus! É o que quero fazer pelo resto da minha vida…”

 

Fonte: Whiplash

Ozzy Osbourne Revela Título E Detalhes De Novo Álbum

O vocalista Ozzy Osbourne anunciou que o título de seu novo álbum de estúdio é Ordinary Man e a previsão de lançamento é para janeiro de 2020. Em relação a Ordinary Man, Ozzy disse que “este álbum foi um presente de meu poder superior e uma prova de que nunca devemos desistir”.

“Tudo começou com a minha filha Kelly que me perguntou se eu queria trabalhar numa música de Post Malone. A primeira coisa que pensei foi: ‘quem é o Post Malone?’. Fui a casa do Andrew [Watt, produtor] e ele me disse que trabalharíamos rápido. Depois que terminamos a música [Take What You Want], ele me perguntou se eu estaria interessado em gravar um disco novo. Respondi que seria excelente, mas falei que não queria estar enfiado num estúdio durante seis meses. E num instante o álbum já estava pronto”, explicou Ozzy.

Já tinha dito à Sharon que devia gravar um disco novo, mas no fundo achava que não iria ter a força necessária. No entanto, Andrew conseguiu obter isso de mim. Espero mesmo que as pessoas ouçam e apreciem, pois coloquei o meu coração e a minha alma neste novo trabalho”, continuou.

O disco foi gravado em Los Angeles, Estados Unidos, com o produtor Andrew Watt na guitarra, Duff McKagan (Guns N’ Roses) no baixo e Chad Smith (Red Hot Chili Peppers) na bateria.

 

Fonte: Rock Bizz

 

Paul Stanley: de pijama, contando histórias do Kiss para crianças em cruzeiro

O Kiss Kruise, cruzeiro oficial do Kiss, foi realizado na última semana e trouxe, obviamente, uma programação dedicada à banda que promove a viagem. Entre os eventos realizados, um deles chamou a atenção por ser, no mínimo, inusitado: o vocalista e guitarrista Paul Stanley vestiu um pijama e promoveu o “Bedtime stories”, onde chama algumas crianças para o palco, conversa sobre o grupo e lê algumas histórias infantis.

O bate-papo girou em torno de diversos temas relacionados ao Kiss e, muitas vezes, os assuntos eram trazidos pelas próprias crianças. Os meninos, por exemplo, perguntaram o motivo pelo qual o baterista Peter Criss saiu da banda e comentaram sobre Eric Carr, também baterista, falecido em 1991.

Um fã registrou todo o momento e divulgou no YouTube. Diversos internautas receberam a novidade com certa estranheza, aproveitando para fazer algumas piadas.

“Isso é igualmente legal e estranho”, disse um fã. “As pessoas pagam por isso?”, questionou outro. “Há algo meio Michael Jackson nisso”, afirmou um terceiro, em menção às acusações de pedofilia que o Rei do Pop enfrentou em vida e após seu falecimento. “Paul tentou cantar uma canção de ninar para mim. Sua voz estava tão ruim que eu acabei ficando acordado por dias”, comentou mais um.

Kiss no Brasil

Durante o cruzeiro, o Kiss confirmou que ainda passará o ano de 2020 na estrada antes de se aposentar em 2021, com direito a uma turnê pelo Brasil. Quatro datas já foram confirmadas: em Porto Alegre, Curitiba, São Paulo e Uberlândia (MG).

Veja, abaixo, a agenda de shows do Kiss no Brasil:

12/05/2020 – Porto Alegre
14/05/2020 – Curitiba
16/05/2020 – São Paulo
19/05/2020 – Uberlândia

O show em São Paulo já estava confirmado há algum tempo e será no Allianz Parque. Já em Uberlândia, a apresentação acontecerá no estádio Parque do Sabiá. Os locais exatos em que as outras datas serão realizadas, bem como informações sobre ingressos, ainda não foram divulgados.

Kiss e o “segundo adeus”

Curiosamente, não é a primeira turnê de despedida do Kiss. Em 2000, após duas turnês com a reunida formação original – composta por Paul Stanley, Gene Simmons, Ace Frehley e Peter Criss -, a banda anunciou que encerraria suas atividades, mas, antes, realizariam a “Farewell Tour”. A excursão rodou pela América do Norte em 2000.

O contrato do baterista Peter Criss se encerrava após o último show de 2000, mas foram marcadas datas em 2001, na Ásia e na Austrália. Não foi possível renovar com Criss, então, Eric Singer assumiu o posto para essas datas específicas.

Em 2002, já sem Ace Frehley, mas com Peter Criss de volta, a banda anunciou que não se aposentaria. No ano seguinte, foi realizada a “World Domination Tour”, com o guitarrista Tommy Thayer no posto de Frehley.

O contrato de Peter Criss, novamente, não foi renovado e ele deixou o Kiss. Em 2004, o grupo voltou com Eric Singer, além de Tommy Thayer. Em entrevistas, os líderes e remanescentes, Paul Stanley e Gene Simmons, explicaram que não queriam encerrar a banda, apenas se “livrarem” de Ace Frehley e Criss.

 

Fonte: Whiplash

Metallica: James Hetfield falou sobre vícios durante show em julho

Como sabemos, no final de setembro o Metallica divulgou a informação que James Hetfield estava de volta à reabilitação: “Lamentamos informar que devemos adiar nossa turnê pela Austrália e Nova Zelândia. Como muitos sabem, nosso irmão James está lutando contra o vício há muitos anos. Infelizmente, ele teve que voltar a entrar em um programa de tratamento para trabalhar em sua recuperação novamente”, disse em nota oficial a banda.

E no vídeo a seguir, registrado no dia 13 de julho em Trondheim, Noruega, o Metallica toca “Moth Into Flame” que traz algumas palavras de James Hetfield: “Essa música é sobre os vícios. Não sei se vocês sabem alguma coisa sobre isso. Se não sabem, provavelmente existe alguém perto de você que está por dentro”.

 

Fonte: Whiplash

My Chemical Romance anuncia retorno

My Chemical Romance, banda que lançou algumas das canções de rock mais extravagantes dos anos 2000, estará de volta aos palcos.

As redes sociais da banda foram atualizadas pela primeira vez em muito tempo nesta tarde de 31 de outubro com uma publicação indicando um show no Shrine Expo Hall de Los Angeles, no dia 20 de dezembro.

Os ingressos, de acordo com a postagem, estarão à venda amanhã, 1º de novembro, o que causou uma avalanche de comentários de fãs sobre o evento.

No início deste ano o My Chemical Romance quebrou a Internet quando rolaram rumores de que a banda de Nova Jersey, que se tornou ícone do mundo emo, estaria disposta a se reunir pela primeira vez desde que se dissolveu em 2013.

 

Fonte: Yahoo

Bruce Dickinson: vocalista se envolve com “super fã” e acaba com casamento de 29 anos

Bruce Dickinson, vocalista do Iron Maiden, pode enfrentar um divórcio de 90 milhões de libras (aproximadamente 460 milhões de reais) depois de se separar de sua esposa e encontrar o amor com um super fã. A lenda do heavy metal de 61 anos se separou discretamente de Paddy, sua esposa por 29 anos e mãe de seus três filhos, há um ano atrás. Ele então se mudou para Paris com sua instrutora de fitness Leana Dolci, que acredita-se, seja 15 anos mais jovem que ele.

Uma fonte relata: ‘Leana sempre foi uma grande fã do Iron Maiden, seguindo-os por quase 10 anos. Ela e Bruce ficaram muito próximos no ano passado e ela até conheceu os filhos dele. Paddy está na América do Sul, passando algum tempo para assimilar tudo’.

Em sua página do Instagram (nota do tradutor: não conseguimos localizar o link), Leana se autodenomina uma ‘criança de flor com coração de rock and roll’ e diz: ‘Amo os dias que começam com você ao meu lado. Na cama. Sem roupa’. Ela entrevista regularmente estrelas do rock no canal da web Duke TV. E em uma entrevista recente, Bruce teria dito que estava morando em Paris ‘com minha namorada’.

Em 2018, seu casamento com Paddy começou a desmoronar. O casal não tem planos imediatos de se divorciar – mas se os procedimentos legais começarem, Bruce terá que gastar parte de sua fortuna estimada em 90 milhões de libras”.

 

Fonte: Whiplash

 

BON JOVI apresenta “Unbroken”, novo single

Considerado um dos maiores e mais lendários nomes do rock mundial, Bon Jovi acaba de lançar o single “Unbroken”, com uma poderosa mensagem. Escrita por Jon Bon Jovi e produzida por John Shanks, a canção é uma homenagem aos milhares de veteranos americanos que convivem com o transtorno de estresse pós-traumático.

“Esta música é para homenagear os veteranos americanos e seus serviços, mas eu também quis mostrar a realidade de suas vidas e suas batalhas diárias”, disse Jon Bon Jovi. A letra é profunda e relata o ponto de vista de um soldado ao mostrar seus desafios que continuam, até mesmo quando eles retornam para suas casas. Pelos próximos 12 meses, a banda vai doar 100% da receita líquida do download de “Unbroken” para a Patriotic Service Dog Foundation.

single estará na trilha sonora do documentário da Netflix, intitulado “To Be Of Service”. Produzido e dirigido por Josh Aronson, Julie Sayres, Carolyn Clark Powers e Chuck Ortner, o filme explora as notáveis mudanças que os cães de serviço treinados trazem na vida de veteranos que sofrem de estresse pós-traumático. O registro será lançado na Netflix no dia 10 de novembro, data em se comemora nos Estados Unidos O Dia dos Veteranos, um importante feriado no país. 

No final de setembro, o Bon Jovi participou, pela quinta vez, da edição brasileira do Rock in Rio, se apresentando no Palco Mundo, em show que encantou a multidão com seus diversos sucessos. Além deste show, a banda também se apresentou fora do festival, em cidades como Recife, São Paulo e Curitiba. O último disco de estúdio da banda, “This House Is Not For Sale” (2016), estreou no topo da Billboard 200 e fez parte do repertório dos shows nestas cidades.  Ao longo dos mais de 30 anos de carreira, o grupo gravou 19 discos e conquistou inúmeros prêmios, incluindo o de “Ícone Global”, em 2010, no MTV Europe Music Awards. Em 2018, Bon Jovi entrou para o Rock and Roll Hall of Fame.

 

Fonte: Roadie Crew

 

title_goes_here