Skip to Content

Category Archives: Shows

Sonia Abreu, primeira DJ mulher do Brasil, ganha tributo

Grandes Djs do Brasil preparam um grande encontro na próxima segunda-feira, dia 9 de março, para a comemoração do Dia Internacional do DJ, a partir das 18h na Galeria Olido, em São Paulo.

Além de lembrar essa data, os profissionais dos toca-discos vão promover um tributo a saudosa Sônia Abreu, produtora musical conhecida como a primeira DJ do Brasil.

Presenças confirmadas nesse evento dos Djs Cadico, Vadão, Erick Jay, Cinara, Mau Mau, Ramilson Maia, Julião e muitos outros.

Sonia Abreu morreu em 26 de agosto do ano passado, aos 67 anos, depois de lutar contra uma doença degenerativa. A DJ trabalhou na programação da rádio Excelsior, onde lançou a famosa coleção de discos A Máquina do Som, nos anos 1970. Depois, passou aqui pela 89 A Rádio Rock, Brasil 2000, Rádio USP e Rádio Globo.

Serviço:
Dia Internacional do DJ – Tributo à Sônia Abreu
Dia 9 de março
Das 18h às 22h
Galeria Olido – Avenida São João, 437, República, São Paulo – SP
Entrada gratuita

 

Fonte: 89

Ginger Baker: Eric Clapton, Roger Waters, Ronnie Wood e mais fazem show em tributo

O show “Eric Clapton & Friends: A Tribute to Ginger Baker”, em homenagem ao baterista Ginger Baker, falecido no último mês de outubro aos 80 anos, foi realizado na última segunda-feira (17). O evento aconteceu no Eventim Apollo Hammersmith, em Londres, na Inglaterra.

Além de Eric Clapton, responsável por promover o evento, o show contou com participações de diversos músicos consagrados no rock e em outros estilos. Roger Waters, baixista do Pink Floyd, por exemplo, tocou músicas do Cream, como “Sunshine of Your Love”, “Strange Brew” e “White Room” – esta última, com Ronnie Wood (Rolling Stones, Faces) na guitara e Kenney Jones (Faces) na bateria.

Outras participações incluem Nile Rodgers (Chic) em “I Feel Free” e “Tales of Brave Ulysses”, Ronnie Wood também em “Badge” e uma espécie de mini-set do Blind Faith reunindo Clapton, Rogers, Steve Winwood no órgão, vocal e guitarra, e Kofi Baker, filho de Ginger, na bateria.

Veja, abaixo, o repertório tocado e alguns vídeos:

Sunshine of Your Love
(Cream song) (with Roger Waters)

Strange Brew
(Cream song) (with Roger Waters)

White Room
(Cream song) (with Roger Waters) (also with Ronnie Wood on guitar & Kenney Jones on 3rd drumkit)

I Feel Free
(Cream song) (with Nile Rodgers) (also with Paul Carrack on organ & vocals)

Tales of Brave Ulysses
(Cream song) (with Nile Rodgers)

Sweet Wine
(Cream song) (with Paul Carrack on organ & vocals, & Will Johns on guitar)

Blue Condition
(Cream song)

Badge
(Cream song) (with Ron Wood) (also with Henry Spinetti on 3rd drumkit)

Pressed Rat and Wart Hog
(Cream song) (with Kofi Baker on drums & vocals)

Had to Cry Today
(Blind Faith song) (with Steve Winwood) (also with Nile Rodgers on guitar & Kofi Baker on drums)

Presence of the Lord
(Blind Faith song) (with Nile Rodgers) (also with Steve Winwood on organ & vocals, & Kofi Baker on drums)

Can’t Find My Way Home
(Blind Faith song) (with Kofi Baker) (also with Steve Winwood on organ & vocals, & Nile Rodgers on guitar)

Well All Right
(Buddy Holly cover) (with Nile Rodgers) (also with Steve Winwood on guitar & vocals)

Do What You Like / Toad
(Blind Faith song) (with Steve Winwood) (also with Ronnie Wood, Nile Rodgers, & including drum solo by Kofi Baker)

Bos:

Cross Road Blues
(Robert Johnson cover) (With everyone and Roger Waters on cowbell for the last half – Nile Rodgers instrumental jam).

 

Fonte: Whiplash

Aerosmith: banda tocará com o Run-DMC na cerimônia do Grammy, diz site

O site da revista Variety publicou que o Aerosmith se apresentará com o Run-DMC na cerimônia do Grammy Awards. O evento acontece no próximo dia 26 de janeiro, no Staples Center de Los Angeles, nos Estados Unidos.

O show do Aerosmith na cerimônia do Grammy já foi confirmado. A informação ainda não oficializada é que o Run-DMC entrará no meio da performance da banda, que seria um medley, para participar do momento em que “Walk This Way” será tocada.

Lançada originalmente em 1975, “Walk This Way” ganhou uma versão pelo Run-DMC em 1986, com participação do vocalista Steven Tyler e do guitarrista Joe Perry. A regravação fez com que o Aerosmith voltasse às paradas de sucesso, após alguns anos sem conseguir emplacar hits.

O produtor Rick Rubin, que trabalhava no álbum “Raising Hell”, foi o responsável por dar a ideia. O Run-DMC costumava usar o disco “Toys in the Attic” (que contém “Walk This Way”) para fazer freestyle, mas não conheciam tão bem a banda, nem tinham ouvido a faixa completa – apenas alguns segundos, usados para improvisação.

Apesar de serem inicialmente opostos à ideia, os integrantes do Run-DMC desfrutaram de grande sucesso com a versão de “Walk This Way”. Além disso, conforme mencionado anteriormente, a música fez com que o Aerosmith retomasse o sucesso que fazia na década de 1970 – algo que seria multiplicado nos álbuns seguintes.

 

Fonte: Whiplash

Hellfest 2020: Faith No More, Sepultura, Korn e Judas Priest estão entre as atrações

A organização do festival Hellfest, que será realizado na França, entre os dias 19 e 21 de junho, na cidade francesa de Clisson, divulgou as bandas que participarão do evento. O lineup do festival foi confirmado na tarde desta terça-feira, 26 de novembro, e é BEM abrangente, contando com bandas da nova e da velha geração.

Alguns nomes que estarão presentes na edição 2020 do festival são: Judas Priest, Opeth, Korn, System Of a Down, Sepultura, Deep Purple, Devin Townsend, Running Wild, Mayhem, Faith No More, Alter Bridge, Body Count, Agnostic Front e muitas outras.

 

Fonte: Whiplash

Judas Priest: Richie Faulkner diz que presença de K.K Downing não é decisão dele

Recentemente, o eterno ex-guitarrista do Judas Priest K.K. Downing afirmou que a chance dele participar da tour de aniversário em comemoração aos 50 anos do Judas Priest é quase nula (um eufemismo para não falar que ela não existe).

Como era de se esperar, os fãs ficaram alvoroçados com a revelação de K.K., e um deles, chamado Elkin Cardona, foi xingar muito no Twitter: “O que? !!! @judaspriest Você está falando sério? Não seja filho da puta como o Black Sabbath com Bill Ward. Seja grato, não seja idiota.”

Prontamente, Richie respondeu, falando o óbvio: “Como eu disse antes Elkin, não é minha decisão. Não tenho um relacionamento de 50 anos como eles. É a decisão deles”.

Ficamos no aguardo do próximo capítulo deste novela (que está com mais capítulos do que a franquia “Velozes e Furiosos”).

 

Fonte: Whiplash

Megadeth: Banda voltará aos palcos no mês de janeiro

Em junho deste ano, o guitarrista e vocalista Dave Mustaine teve que interromper as atividades com o Megadeth por conta do diagnóstico de câncer na garganta. Todos os shows da banda foram cancelados, inclusive as apresentações que seriam feitas no Brasil.

Porém, após a aparente recuperação quase completa de Mustaine, a banda voltará aos palcos já no início de janeiro, para uma pequena tour pela Europa, de acordo com a agenda no site oficial do grupo. O primeiro show será no dia 20 de janeiro, em Helsinki, capital da Finlândia. Por enquanto, o último show que consta na agenda será na Bulgária, dia 22 de fevereiro.

 

Fonte: Whiplash

Ozzy Osbourne retorna aos palcos em show de Post Malone

Ozzy Osbourne convidou seus fãs para um passeio no inferno esta semana e nesta quinta (22) de novembro, em Los Angeles, surgiu num show de seu novo amigo musical Post Malone.

Antes de estrear seu novo single “Straight to Hell” nas plataformas digitais, o Príncipe das Trevas foi convidado por Malone para subir ao palco do The Forum para uma performance de “Take What You Want”, faixa domais recente trabalho do rapper e que conta com a colaboração de Ozzy.

O bacana é que neste domingo (24), Ozzy volta a se reunir com Malone e também com Travis Scott, outro rapper que também marca presença nessa canção. A performance fará parte do American Music Awards com a expectativa de ser outra exibição inesquecível.

 

Fonte: Twitter

Tudo sobre o Rock’n Hari – 1ª edição

Que o país mais divertido do mundo voltou com força total não é mais novidade! O Hopi Hari, o maior parque de diversões de São Paulo, superou sua fase difícil e voltou com força total na nova reestruturação, e agora com milhares de novidades, eventos e, claro, muita diversão! A mais nova sacada de marketing do parque é aproveitar a época de RIR para lançar o Rock’n Hari: Como eles mesmo intitulam o Rock’n Hari é mais do que um evento de música, é uma experiência de união, diversão e encantamento. O objetivo é unir pessoas que compartilham das mesmas paixões: motos e rock’n roll. E o melhor: é um evento capaz de integrar toda a família, com opções para todas as idades. Afinal, estamos falando de um dos maiores parques temáticos da América Latina, cuja missão é multiplicar alegria, respeito, afeto, emoção, consciência e cultura. A Led foi convidada para acompanhar de perto esse evento e hoje eu vim contar pra vocês tudo que rolou no último dia 9, acompanhe:

Assim que chegamos no parque já imergimos numa onda Rock’n’roll! Nada de música temática do parque, a playlist nas caixas de som do parque todo só rolava o bom e velho rock’n’roll, além disso, espalhados pelo parque 5 palcos recebiam shows das bandas Ultraje a Rigor, Plebe Rude e Supla, T-Ale, Rock Therapy, Q.I., Skayra e Velha Estação, ao lado de mais 21 bandas da região e de São Paulo, e mais: os talentosismos alunos das unidades da Shcool of Rock realizavam suas apresentações cheios de energia. Você realmente se sentia no país do rock’n’roll.

Uma nova experiência também para os amantes do motociclismo, foi a primeira vez que rolou um encontro de motociclistas em um parque temático, tudo que a galera precisava: pegar estrada e curtir um dia de muita diversão num dos melhores parques temáticos da América Latina.

Com quase todos os brinquedos em funcionamento, e com filas extremamente rápidas e controladas, o Hopi Hari, agora completando seus 20 anos, se encontra na sua melhor fase. Os colaboradores sempre muito atenciosos e divertidos, o clima agradável e ensolarado e as atrações divertidas compõe uma experiência digna de repeteco. Todos os shows e o evento foram muito bem planejados e toda estrutura bem programada, nada de muvuca ou violência, de fato uma experiência familiar como propôs o parque. As apresentações impecáveis como sempre com esses grande ícones do rock brazuca! Quanto a proposta do evento foi realmente fiel e nós aqui da Led FM já aguardamos ansiosos a próxima edição do Rock’n Hari, ano que vem! E se você ainda não visitou o Hopi Hari depois da sua reabertura não perca mais tempo, o país mais divertido do mundo está de cara nova, sem filas nos brinquedos e proporcionando a melhor experiência de diversão em São Paulo.

Danki Hopi Hari,e a até a próxima!

 

Brasileiro transforma Nirvana em forró, vira meme e encanta Jack Black, do Tenacious D

O Tenacious D é uma das atrações do Rock in Rio 2019, e o frontman Jack Black já sabe muito bem o que quer fazer em sua visita ao Brasil: conhecer Júnior Bass Groovador, um baixista potiguar de 35 anos.

No Instagram, Black postou um vídeo de Júnior tocando a faixa do baixo de “Smells Like Teen Spirit,” do Nirvana. Mas o brasileiro deu seu toque pessoal à música, e a transformou em um forró bem dançante.

Os vídeos de Júnior viralizaram, e chegaram até o músico norte-americano. “Tenacious D está chegando ao Rio em 28 de setembro,” escreveu Black como legenda do vídeo. “Alguém, por favor, pode me colocar em contato com Júnior Bass Groovador?” questionou, levantando suspeitas de uma parceria no palco.

Quem gostou foi Júnior, que se considera um humorista, assim como Black. “Estou super preparado para mostrar que o Rio Grande do Norte tem um baixista groovado energético,” comentou o brasileiro ao G1. “Eu faço esse humor musical, ele faz seu humor internacional. Acredito que estejamos entrosados para fazer esse duelo de humor musical.”

O Tenacious D tocará no Rock in Rio 2019 no dia 28 de setembro, no Palco Sunset. Outras atrações do dia são as bandas Foo Fighters,Weezer e Whitesnake

 

Fonte: Rolling Stone

Pesquisa revela que Metallica é a maior banda em turnê de todos os tempos

A popularidade e o sucesso do Metallica são indiscutíveis e nós já sabíamos disso, certo? Mas agora números comprovam que James Hetfield e companhia são a maior banda em turnê do mundo e não apenas do rock e do heavy metal, mas sim de todos os gêneros musicais.

Segundo uma publicação da Pollstar, o grupo já vendeu 22.1 milhões de ingressos, acumulando $1.4 bilhões. Esse número ultrapassa outros artistas do rock e do metal como AC/DC e Ozzy Osbourne, que já venderam 14.3 milhões e 10 milhões de ingressos, respectivamente. Sim, eles também ultrapassaram os $800 milhões do Guns N’ Roses.

A publicação ainda lembra que o U2 vendeu mais ingressos que o Metallica, porém os irlandeses se formaram em 1976, enquanto os thrashers começaram em 1981. Mesmo tendo criado a banda depois, eles conseguiram vender mais ingressos nesses últimos cincos anos que grandes artistas em turnê como o próprio U2, os Rolling Stones e os cantores pop Taylor Swift e Ed Sheeran.

O relatório da Pollstar reforça que o Metallica nunca saiu em turnê de despedida ou qualquer apresentação nostálgica que incentivaria os fãs a irem aos shows. O grande sucesso do grupo foi a turnê WorldWired que divulga o disco Hardwired… To Self-Destruct, lançado em 2016.

 

Fonte: WikiMetal

title_goes_here