A Sony está determinada a lançar um filme derivado do universo “Homem-Aranha” com uma protagonista feminina. Após a notícia de um filme da Madame Teia, revelada ontem, o Deadline reportou hoje que a heroína Loteria também pode protagonizar um longa em breve. O estúdio chamou Marc Guggenheim para escrever o roteiro. Criador de “Arrow” e “Legends of Tomorrow”, o roteirista também já assinou filmes de super-heróis, como “X-Men Origens: Wolverine” e “Lanterna Verde”, e escreveu HQs da Loteria para a Marvel Comics.

Mãe heroica Nos quadrinhos, a Loteria original era Sara Ehret, uma cientista que foi exposta a um lote radioativo no seu laboratório enquanto estava grávida. Após entrar e sair de um coma, ela deu à luz sua filha, Madeline, que nasceu saudável, e achou que não sofreria sequelas do acidente. No entanto, quando sua família se viu em meio a um desastre natural, ela descobriu poderes de superforça, que usou para salvá-los. Tentando usar as habilidades para o bem, ela assumiu a identidade de Loteria e passou a agir no Brooklyn, frequentemente em parceria com o Homem-Aranha.