“De Volta para o Futuro é bobagem,” disse o co-escritor Stephen McFeely durante a San Diego Comic-Con, quando foi perguntando sobre o que descobriu após uma consulta com um expert. O co-escritor do filme, Christopher Markus acrescentou que aquilo era uma “citação direta de um físico”. 

“O que outras franquias fizeram que nós poderíamos fazer? Voltar para os outros filmes e pegar os seis MacGuffins e trazer eles para frente para resolver o problema e permitir todo o tipo de problemas emocionais conforme você faz isso – pessoas podem encontrar seus pais e mães e tudo o mais”, disse McFeely.  “Mas se você seguir as regras de De ‘Volta para o Futuro’, toda vez que você fosse para frente e voltasse, você teria um novo Cassino Biff”.

Markus e McFeely então consultaram um físico quântico que ajudou eles a perceberem que o Reino Quântico era a chave para a viagem no tempo.

“[O físico disse], ‘Provavelmente não funciona desse jeito, mesmo amando esses filmes, provavelmente funciona desse jeito. Se funciona, novamente, o que não é verdade”, disse McFeely. “Então a ideia de que as realidades são uma viagem quântica – temos Scott Lang, talvez podemos fazer algo com isso. Teve muitas ideias surgindo quando fizemos nossa lição de casa”.

Eles também disseram que toda a cena da Anciã, como é possível notar no filme, foi feita para explicar exatamente como funcionaria a viagem no tempo no filme.

 

Fonte: legiãodosheróis