Análise da NBA - Temporada 2021/2022

NBA: Fique sabendo o que pode acontecer na temporada 2021/2022

Análise da NBA - Temporada 2021/2022

Por: Instabet

A temporada de 2021/2022 já tem data prevista para começar. Depois do título do Milwaukee, que esperou 50 anos para levantar a taça, o campeonato começa bem competitivo. Ela começará no dia 3 de outubro com vários jogos definidos.

Quase todos os times fizeram contratações e trocas importantes de elenco para o início do torneio. Por isso, é importante analisar como eles estão se preparando para a primeira partida.

Como funciona a NBA

A liga nacional de basquete americano, a NBA, tem 30 equipes do mais variados estados dos Estados Unidos. Assim, o torneio divide os participantes em dois grupos de acordo com a sua localização: a Conferência Oeste e a Leste.

São quinze equipes para cada lado e ao todo são 72 jogos realizados na temporada regular. Já no final da temporada regular, os seis primeiros times dos dois ambientes se classificam para os playoffs. Já os playin servem para definir as últimas duas vagas.

Então o vencedor de cada conferência disputa a final em uma série de sete jogos. Assim, quem ganhar os primeiros quatro se torna o campeão da competição. Diferente da última temporada, essa pretende seguir o cronograma, já que os casos de covid estão melhores.

Quando começa a temporada 2021/2022 da NBA

O torneio tem a sua prévia no Training Camp, que será realizado a partir do dia 28 de setembro. Este é um período onde os atletas fazem sua preparação e o seu pré-condicionamento.

A temporada regular começa no mês seguinte com todas as equipes em quadra. O calendário já foi lançado com as datas futuras veja abaixo: 

2021

Training Camp – 28 de setembro;
Início da Temporada regular – 3 de outubro.

2022

NBA All-Star 2022 em Cleveland, Ohio – 18 a 20 de fevereiro;
Fim da temporada regular – 10 de abril;
Torneio Play-In – 12 a 15 de abril;
Playoffs da NBA – 16 de abril;
Finais da NBA – 2 de junho;
Jogo 7 das finais (Se precisar) – 19 de junho;
Draft da NBA – 23 de junho.

Essa será a 75ª que a liga de basquete considerada a melhor do mundo vai acontecer. Por isso, para comemorar haverá 75 partidas com apresentações especiais, honrando grandes jogos, ídolos e técnicos. 

No dia 1 de novembro, será o aniversário, então os Knicks vão enfrentar os Raptors. O confronto vai acontecer no Madison Square Garden, reencenando o confronto que abriu a liga em 1946.

Os três times que jogaram todas as 75 temporadas da NBA vão se enfrentar em 3 jogos com 5 dias de transmissão. Eles vão acontecer entre 14 e 18 de dezembro entre as equipes:

New York Knicks;
Boston Celtics;
Golden State Warriors.

Em 17 de novembro os Bucks jogam contra os Lakers, sendo um dos jogos mais aguardados. A reprise da última final, vai acontecer em 10 de fevereiro, com os Suns recebendo o Milwaukee Bucks. 

Como será a divisão das conferências e as primeiras partidas

O torneio tem 30 equipes das mais diferentes regiões dos Estados Unidos. Na Conferência Leste estão alguns clubes de grande nome como os seguintes:

Brooklyn Nets;
Miami Heat;
New York Knicks;
Orlando Magic;
Toronto Raptors;
Cleveland Cavaliers;
Milwaukee Bucks;
Washington Wizards;
Boston Celtics;
Indiana Pacers; 
Atlanta Hawks;
Charlotte Hornets;
Philadelphia 76ers; 
Chicago Bulls;
Detroit Pistons.

Já a Conferência Oeste conta com outros grandes nomes do esporte que são:

Oklahoma City Thunder;
Denver Nuggets;
Los Angeles Clippers;
Sacramento Kings;
Dallas Mavericks;
Phoenix Suns;
Golden State Warriors;
New Orleans Pelicans;
Portland Trail Blazers;
Minnesota Timberwolves;
San Antonio Spurs;
Los Angeles Lakers;
Memphis Grizzlies;
Utah Jazz;
Houston Rockets.

Os primeiro jogos
As partidas iniciais que já foram marcadas para o começo estão listadas a seguir.

3 de outubro
Brooklyn Nets x Los Angeles Lakers.

4 de outubro
Phoenix Suns x Sacramento Kings;
New Orleans Pelicans x Minnesota Timberwolves;
Philadelphia 76ers x Toronto Raptors;
Atlanta Hawks x Miami Heat;
Utah Jazz x San Antonio Spurs;
Orlando Magic x Boston Celtics;
Golden State Warriors x Portland Trail Blazers;
Charlotte Hornets x Oklahoma City Thunder;
Denver Nuggets x Los Angeles Clippers.
5 de outubro
Indiana Pacers x New York Knicks;
Washington Wizards x Houston Rockets;
Cleveland Cavaliers x Chicago Bulls;
Milwaukee Bucks x Memphis Grizzlies.

As contratações e trocas da temporada 2021/2022

Para essa edição do torneio as equipes têm se preparado para conseguir ser mais competitivos. Com isso, as trocas e as contratações para essa temporada tem entusiasmado os amantes do esporte.

As informações abaixo são sobre essas movimentações de mercado nessa época de preparação. Dessa forma, os fãs vão saber o que esperar dos times ao longo do torneio.

Los Angeles Clippers
Os Clippers chegaram às finais da conferência, mas não conseguiram vencer os Suns perdendo por 4 a 2. No ano anterior o time tinha apresentado flexibilidade limitada para adicionar jogadores a sua escalação.

Para mudar esse cenário, nesse ano chega Justise Winslow que deve atuar como ala e assinou por 2 anos. Além disso, o armador Reggie Jackson renovou por mais 2 anos com o time. O jogador foi considerado um dos mais importantes da última campanha.

Mais um nome importante que permanece é Nicolas Batum, que era especulado no Golden State Warriors. O atleta renovou por mais do ano e deve seguir sendo o ala-armador principal do Clipper. 

Brooklyn Nets
O maior acordo para o Nets foi renovar o contrato com Kevin Durant por mais 4 anos. O jogador participou 11 vezes do All-Star e foi finalista das Olimpíadas. Mesmo com 32 anos, continua jogando em alto nível e é um dos grandes nomes da liga. 

Patty Mills, jogador da seleção Australiana de Basquete que chegou a semifinal das Olimpíadas, assinou com a equipe. A princípio seu contrato é para permanecer dois anos, mas pode ser estendido.

Outro grande reforço que chega é LaMarcus Aldridge, ala-pivô, de 36 anos. Ele deixa a aposentadoria depois de ser liberado pelos médicos e superar problemas de arritmia cardíaca.

A equipe conseguiu se organizar para manter o forte garrafão com Blake Griffin e Nic Claxton. Além deles, contratou o veterano Paul Millsap para aumentar a concorrência pelas vagas no time.

O pivô DeAndre Jordan foi trocado com os Pistons pot Jahlil Okafor – pivô e Sekou Doumbouya – ala-pivô. Dois jovens que podem crescer no elenco e se tornar peças importantes no futuro. 

Atlanta Hawks
O time renovou com o ala-armador Lou Williams, de 34 anos. O astro armador Trae Young também teve um novo contrato, ele foi feito com extensão de cinco temporadas, sendo o mais longo possível.

Philadelphia 76ers
O ala-armador Danny Green renovou seu contrato por mais dois anos, recusando outras propostas. Além dele, o elenco contratou o pivô André  Drummond para ser reserva do jogador Joel Embiid.

New York Knick
Kemba Walker foi dispensado pelo Oklahoma City e fechou um acordo de dois anos com o New York Knicks. Além disso, o time fechou por mais 3 anos com o craque e armador Derrick Rose.

A intenção da equipe é manter a sua base que conseguiu avançar para os playoffs e tentar chegar mais longe. Para isso, deve fazer contratações pontuais, que não fujam da base da folha salarial.

O ala Evan Fournier é um dos nomes que chegam para agregar na equipe. O francês de 28 anos, assinou por 4 anos com a equipe e pretende deixar seu nome na liga com mais força do que no Celtics. 

Miami Heat
A equipe renovou com o armador Victor Oladipo, de 29 anos, por mais um ano. Além disso, Jimmy Butler também irá permanecer no time, que também fez contratações importantes.

Um dos nomes que chega para reforçar é o grande armador Kyle Lowry de 35 anos. Os outros são P. J. Tucker e Markieff Morris, ambos ala-pivôs. 

Mais um que chega com fortes expectativas é Duncan Robinson, com fechou um contrato para 5 temporadas.O ala-armador de 27 anos conseguiu o melhor contrato da história para um jogador não-draftado.

Los Angeles Lakers
Carmelo Anthony chega para reforçar a equipe que tem vários dos principais nomes da liga. Ele vai jogar com LeBron James, Anthony Davis e Russell Westbrook ao menos por um ano.

Inclusive Westbrook volta para casa em uma troca com os Wizards. Para ele chegar, o time cedeu Kyle Kuzma, Montrezl Harrell, Kentavious Caldwell-Pope e a escolha do draft de primeira rodada.

O pivô, Dwight Howard, de 35 anos, é outra das contratações dos Lakers. O jogador já teve duas passagens vitoriosas pelo time e volta para ter um espírito de liderança e auxiliar no poder ofensivo. 

Trevor Ariza, ala-armador, foi outro nome que chegou para somar na próxima temporada. Com um contrato de 1 ano, precisa mostrar serviço para conseguir prolongar seu tempo na equipe. Wayne Ellington também voltou do Detroit Pistons para mais uma edição. 

News Orleans Pelicans
O armador Devonte Graham chega para substituir Lonzo Ball, o contrato é para 4 temporadas. Outros nomes são sondados, mas a base deve ser mantida e poucas contratações são esperadas.

Uma delas é Jonas Valanciunas, que foi trocado com Nova Orleans por Jonas Valaciunas e 2 escolhas de draft. Espera-se que o armador ofereça condições suficientes para Zion Williamson brilhar.

Phoenix Suns
A equipe contratou o pivô JaVale McGee, de 33 anos, por aproximadamente 1 ano. Ele é cotado para ser uma peça importante para a rotação do elenco quando DeAndre Ayton estiver fora. Outro nome que vem para agregar é Landry Shamet, vindo do Nets. 

Depois de chegar às finais e perder para os Bucks, os Suns conseguiram manter Chris Paul. O armador foi o principal destaque nas finais de conferência e nas duas partidas ganhas contra o Milwaukee. Por isso, conseguiu um contrato de mais 4 edições atuando.

Chicago Bulls
O Bulls contratou, o armador do Lakers, Alex Caruso, de 27 anos, para essa temporada. O acordo foi um dos mais surpreendentes e tem a duração de 4 edições. 

Lonzo Ball saiu do Pelicans para tentar uma projeção maior em Chicago. Para sua chegada o clube enviou ao oponente Tomas Satoransky, Garrett Temple e uma escolha de segunda rodada.

Dallas Mavericks
A equipe vai manter o pivô sérvio, Boban Marjanovic por mais um ano. Assim, ele seguirá atuando ao lado de Luka Doncic. 

Mais um que já definiu que irá permanecer é Tim Hardaway, o ala-armador de 19 anos assinou para as próximas 4 temporadas.

Cleveland Cavaliers
O time prolongou a permanência de Jarret Allen por mais 5 temporadas. Além disso, trocou Taurean Prince com os Eoles em troca de Ricky Rubio e uma escolha de segunda rodada no próximo ano.

Utah Jazz
A equipe assinou para que o armador Mike Conley permaneça por mais 3 anos. Assim, o veterano continuará servindo o companheiro Donovan Mitchell por mais um tempo.

Boston Celtics
O Celtics já fechou com Josh Richardson, ala-armador de 27 anos. Ele irá jogar ao lado de Jayson Tatum que permanece no time. 

Sacramento Kings
A equipe da capital da Califórnia contratou o pivô Tristan Thompson. Esse deve ser o principal nome do elenco ao longo da temporada, mas é esperado que outros contratos sejam firmados.

Oklahoma City Thunder
O OKC recebe o ala-pivô Derrick Favors e uma escolha de 1ª redidada. Seu principal intuito é acumular escolhas de draft para diminuir o espaço salarial, renovar a equipe e construir um time competitivo.

Charlotte Hornets
A equipe recebeu Mason Plumlee e a escolha número 37 em uma transição com o Detroit Pistons. Em troca enviou para a equipe o pagamento e a possibilidade de selecionar o draft 57.
Análise da NBA – Temporada 2021/2022 (instabet.net)