Após não subir, diretor de futebol e Fernando Diniz deixam o Vasco

Após ficar confirmado que o clube carioca não tem mais chance de subir para a Série A, o clube iniciou seu planejamento para a próxima temporada. O diretor de futebol Alexandre Pássaro e o o treinador Fernando Diniz deixaram o clube

Após não subir, diretor de futebol e Fernando Diniz deixam o Vasco

O Vasco anunciou no final da noite a demissão do treinador Fernando Diniz. O diretor de futebol, Alexandre Pássaro, pediu demissão e também deixou o clube. O presidente Jorge Salgado, dará uma coletiva, nesta sexta (12), para informar os próximos planos do Vasco. Fernando Diniz e Pássaro também estarão na coletiva, para se despedir.

O cruz-maltino não tem mais possibilidade de subir para a Série A e vai para dois anos na Série B. O clube carioca vive uma grande crise financeira e essa permanência deve complicar ainda mais a situação do clube. O Vasco vai em busca de um novo treinador. Nesta temporada, além de Diniz, o clube teve Marcelo Cabo e Lisca comandando o time cruz-maltino.

Fernando Diniz chegou ao clube, na 24ª rodada e ficou 5 jogos invicto, vendo as chances de acesso aumentarem, porém, o time desandou e sua passagem terminou após a derrota por 3x0, para o Vitória, em pleno São Januário. Foram 12 jogos no comando do time, com 4 vitórias, 3 empates e 5 derrotas. O treinador teve a segunda passagem pelo futebol carioca, antes ele havia passado pelo Fluminense.

Alexandre Pássaro, o executivo de futebol, chegou em janeiro ao clube e foi importante para modernizar todo departamento de futebol e fazer contratações sem dinheiro. Antes do Vasco, ele trabalhou por anos como gerente de futebol do São Paulo, sendo responsável, inclusive pela contratação do treinador Fernando Diniz.

O Vasco é o 9º colocado na Série B, com 47 pontos e nos próximos 3 jogos será comandado pelo interino Fábio Cortez.