Bohemian Rhapsody: Roteirista processa produtores por divisão de lucros

Anthony McCarten entrou com um processo contra o produtor Graham King e a produtora GK Films para revisar a divisão de lucros do longa-metragem

Bohemian Rhapsody: Roteirista processa produtores por divisão de lucros

Por: Rockbizz

O roteirista Anthony McCarten, nome por trás da cinebiografia Bohemian Rhapsody (2018), entrou com um processo contra o produtor Graham King e a produtora GK Films para revisar a divisão de lucros do longa-metragem. (Via NME)

Na última quarta, 17, McCarten abriu um processo na Corte Superior de Los Angeles e afirmou que tinha um contrato para receber 5% dos lucros da GK Films, porém não recebeu o valor até o momento, segundo o Deadline.

De acordo com o THR, os valores dos lucros não foram definidos, apesar desta ser uma das exigências do contrato. Ao invés de negociar a definição do valor, a GK Films teria usado o método da Twentieth Century Fox Film Corporation para o cálculo.

McCarten quer investigar possíveis “danos monetários” e fazer “uma declaração judicial dos direitos contratuais das partes e deveres relacionados com o Acordo do Escritor.” Como resposta, a GK Films quer trazer a Fox e a atual proprietária do estúdio, Disney, para a batalha judicial.

Além disso, o roteirista pede a revisão dos lucros de Bohemian Rhapsody, pois o filme tinha orçamento de US$ 55 milhões e faturou US$ 911 milhões ao redor do mundo, mas, mesmo assim, a Fox declarou que a produção teve um prejuízo de US$ 51 milhões.

Bohemian Rhapsody

Bohemian Rhapsody explorou os principais acontecimentos da vida de Freddie Mercury ao lado da banda Queen e em pouco tempo se consolidou como uma das cinebiografias mais marcantes do cinema. A produção conquistou cinco prêmios Oscar, entre eles, o de Melhor Ator para Rami Malek.

Bohemian Rhapsody: Roteirista Processa Produtores Por Divisão De Lucros; Entenda - RockBizz