Skip to Content

Category Archives: Rock pelo mundo

SAMMY HAGAR SE UNE A DAVE MASON, MICK FLEETWOOD E MICHAEL MCDONALD PARA O REMAKE DE “FEELIN’ ARIGHT” DO TRAFFIC

Sammy Hagar se juntou a Dave Mason, Mick Fleetwood e Michael McDonald para gravar uma versão quarentena do clássico “Feelin’ Alright”, do Traffic. Esta reunião foi apelidada de Dave Mason and the Quarantines,

Ao longo dos anos, “Feelin ‘Alright” foi regravada por vários artistas, incluindo Joe Cocker, The Jackson Five, Lou Rawls, John Belushi, Three Dog Bight, Gladys Knight & The Pips, Grand Funk Railroad, Electric Light Orchestra, entre outros.

“Quem pensaria que ela seria regravada por tantos artistas e bandas diferentes”, disse Mason em comunicado. “Mas o que sei hoje é que as pessoas precisam de alguma esperança, conforto e, principalmente, música. Por isso, convidei alguns amigos para gravar novamente uma versão especial desta música. Fazer isso remotamente foi um pouco desafiador, daí o nome ‘The Quarantines’, mas o espírito de força, esperança e coração prevalecem”.

Hagar acrescentou: “Eu sempre fui fã de Dave Mason desde o Traffic. Ele escreveu alguns clássicos nos quais eu rangi os dentes … aprendendo a tocar e escrever músicas sozinho. ‘Feelin’ Alright’ é uma de minhas favoritas.

Mason e Steve Winwood são os únicos membros sobreviventes da formação original do Traffic, que foi introduzida no Hall da Fama do Rock And Roll em 2004.

Winwood fez sua última turnê como Traffic em meados dos anos 90, com o baterista da banda, Jim Capaldi.

Fonte: Blabbermouth

Iron Maiden: por que escolheram Blaze e não Michael Kiske ou Geoff Tate? Nicko responde

O baterista Nicko McBrain, do Iron Maiden, refletiu sobre a passagem do vocalista Blaze Bayley pela banda em recente transmissão ao vivo feita pelo canal de Aquiles Priester no YouTube. Bayley fez parte do Maiden entre 1994 e 1999, substituindo Bruce Dickinson.

Durante o bate-papo, Nicko foi perguntado se considerava Blaze Bayley, de fato, a melhor opção para substituir Bruce Dickinson. Ele também foi questionado se um vocalista como Michael Kiske, que havia acabado de deixar o Helloween e estava trabalhando com Rod Smallwood (empresário do Iron Maiden) na época, não poderia funcionar de forma mais adequada para a banda.

Nicko, então, respondeu, conforme transcrito pelo BraveWords: “Não me entenda mal, mas nós ouvimos milhares de pessoas. Tivemos pessoas ouvindo CDs, fitas, fotos, currículos e tudo o mais. Com relação a Michael Kiske… realmente queríamos um cantor britânico. Geoff Tate foi especulado e foi algo como: ‘bem, ele é americano e essa é uma banda britânica’. Houve um pouco desse viés”.

Em seguida, o baterista comentou que Blaze Bayley tinha uma performance irregular, de certa forma, durante sua passagem pelo Iron Maiden. “O lance com o Blaze é que ele cantava muito bem em algumas noites, era brilhante. E tinham várias outras noites em que não era tão bom”, afirmou.

Apesar disso, os álbuns gravados com Blaze, “The X Factor” (1995) e “Virtual XI” (1998), foram elogiados por Nicko McBrain. “Tivemos esses dois discos, ‘The X Factor’ e ‘Virtual XI’. E, claro, tivemos aquele esquema de divulgação com os times de futebol e tudo o mais. Ele estava em sua glória! Então, sim, fizemos dois grandes álbuns. Ame ou não, fez parte da história do Maiden e eu não interpreto isso de outra forma”, concluiu.

Assista à entrevista na íntegra no player de vídeo a seguir (em inglês, sem legendas).

youtube player

Iron Maiden: livro sobre Brave New World disponível para download gratuito

O site Brave Words informou nesta segunda-feira (20 de julho) que o livro “Brave New World – An Iron Maiden Classic”, que fala sobre o álbum homônimo do IRON MAIDEN, lançado em 2000, está disponível para download gratuito. O livro, que é de autoria do escritor croata Stjepan Juras, pode ser “baixado” neste link, no formato PDF e em inglês.

O álbum “Brave New World” marca o retorno do vocalista Bruce Dickinson e do guitarrista Adrian Smith ao IRON MAIDEN. Alguns temas do álbum se tornaram clássicos da banda, como “The Wicker Man” e “Blood Brothers”.

FONTE: Brave Words
http://bravewords.com/news/bravewords-exclusive-iron-maiden-…

Dez maneiras de descobrir músicas novas para ouvir no Spotify

Spotify oferece ferramentas para descobrir novas músicas de forma prática e rápida pelo computador. O serviço de streaming ajuda você a renovar playlists com recomendações de tendências gerais ou pensadas em você, permitindo conhecer artistas, faixas sonoras e até álbuns que nem imaginava. Já conhece o Daily Mix? Saiba que o recurso monta listas com seu gosto sonoro, de forma personalizada. Lá, tem muito mais.

O Radar de Novidades exibe alguns lançamentos dos seus artistas favoritos, com atualização automática. Além disso, o internauta pode ver o que os amigos andam curtindo no dia a dia ou encontrar faixas específicas na busca por palavra-chave. Quer conhecer todas as recomendações? Então prepare o fone de ouvido e veja essas dez dicas.

Fone de ouvido N60NC vem com áudio em 360 graus (Foto: Viviane Werneck/TechTudo) (Foto: Fone de ouvido N60NC vem com áudio em 360 graus (Foto: Viviane Werneck/TechTudo))Fone de ouvido N60NC vem com áudio em 360 graus (Foto: Viviane Werneck/TechTudo)

1) Navegar na home do Spotify

Assim que o usuário abre o Spotify no computador encontra uma tela inicial para “Navegar”, repleta de sugestões de músicas. Em “Visão Geral” você acessa um resumo das novidades gerais, inclusive com banners de lançamentos no topo. Na categoria de “Paradas” estão playlists com as faixas mais tocadas no streaming em geral, como “Top 30 Global” e “Top 50 Brasil”. Já em “Gêneros e momentos” o usuário encontra listas temáticas como para relaxar, balada, pop, rock, para dormir, viagem e mais.

Navegue na home do Spotify para encontrar as paradas de sucesso (Foto: Reprodução/Barbara Mannara)Navegue na home do Spotify para encontrar as paradas de sucesso (Foto: Reprodução/Barbara Mannara)

Se você está interessado nas novidades do mundo da música, a categoria de “Lançamentos” na tela de navegação do Spotify mostra tudo que há de novo na semana com álbuns e singles de artistas.

Veja os lançamentos do Spotify (Foto: Reprodução/Barbara Mannara)Veja os lançamentos do Spotify (Foto: Reprodução/Barbara Mannara)

2) Botão de Descobrir e Radar de Novidades

Já a categoria “Descobrir”, no menu, é mais direcionada aos gostos do usuário. Lá estão as “Playlists feitas só para você” com as “Descobertas da Semana”, que se trata de um mix com novas descobertas específicas para o usuário. Essa lista é atualizada toda segunda-feira no Spotify. Por sua vez, o ”Radar de Novidades” exibe uma playlist com faixas atualizadas toda sexta-feira, oferecendo as últimas músicas dos seus artistas favoritos e mais novos singles escolhidos para o perfil.

Descubra novas playlists feitas para você e veja o radar de novidades (Foto: Reprodução/Barbara Mannara)Descubra novas playlists feitas para você e veja o radar de novidades (Foto: Reprodução/Barbara Mannara)

3) Recomendados para você e Novos lançamentos

Ainda na aba “Descobrir” do Spotify, o usuário pode rolar a tela para encontrar os artistas e álbuns indicados conforme seu gosto musical, na categoria “As melhores recomendações para você”. Já nos “Novos lançamentos para você” estão CDs e músicas também baseados no que você anda ouvindo no aplicativo. Assim, você pode encontrar novidades personalizadas para seu estilo musical.

Encontre as recomendações e lançamentos para você (Foto: Reprodução/Barbara Mannara)Encontre as recomendações e lançamentos para você (Foto: Reprodução/Barbara Mannara)

4) Listas sugeridas para você ou parecido com artistas

Saiba que é possível encontrar sugestões de músicas baseadas ou parecidas com os artistas que você mais ouve ou acessou recentemente no Spotify, na aba “Descobrir”. Basta rolar a tela para encontrar a listas “Sugeridas para você com base em…” ou “Parecido com…” trilhas, álbuns e artistas. Por exemplo: se você estiver ouvindo muito Legião Urbana, poderá encontrar nessas recomendações artistas ou trilhas parecidas, provavelmente do rock nacional.

Veja as sugestões baseadas no que você ouviu no Spotify (Foto: Reprodução/Barbara Mannara)Veja as sugestões baseadas no que você ouviu no Spotify (Foto: Reprodução/Barbara Mannara)

5) Busca do Spotify

Lembra o nome de uma música ou artista? Então vale a pena usar diretamente a barra de “Busca” por palavra-chave no topo do Spotify. Lá você pode digitar qualquer informação, inclusive de playlists prontas, gravadoras de CDs, álbuns, faixas e mais. O interessante é que a aba já mostra algumas sugestões, caso não lembre o nome exato do artista, por exemplo. Também são exibidas as músicas com o termo-chave e perfis de amigos.

Faça buscas específicas por palavra-chave no Spotify (Foto: Reprodução/Barbara Mannara)Faça buscas específicas por palavra-chave no Spotify (Foto: Reprodução/Barbara Mannara)

6) Rádio e Playlists Públicas

O Spotify oferece estações de rádio com temas ou artistas específicos. O usuário pode, inclusive, criar sua Rádio no serviço de streaming e personalizar conforme seu gosto. Estão disponíveis categorias como “Tocado recentemente”, “Estações recomendadas” ou “Estações específicas”, para encontrar novos gêneros musicais. O internauta pode pesquisar ainda por milhares Playlists Públicas com acesso gratuito, montadas com músicas escolhidas por outros perfis. Algumas têm apenas faixas de um artista ou oferecem temas específicos como “músicas de piano”. Vale a pena pesquisar pela palavra-chave na barra de “Busca” do Spotify.

Conheça as estações de Rádio do Spotify (Foto: Reprodução/Barbara Mannara)Conheça as estações de Rádio do Spotify (Foto: Reprodução/Barbara Mannara)

7) Daily Mix

Daily Mix reúne playlists exclusivas para cada usuário, com músicas favoritas ou descobertas sonoras baseadas no seu gosto. Caso você seja novo no streaming, saiba que a Daily Mix pode demorar cerca de duas semanas para aparecer, já que o Spotify precisa entender suas preferências e montar as listas. O recurso é atualizado automaticamente e está disponível inclusive para contas gratuitas. Assim você não precisa perder tempo escolhendo faixas para ouvir no dia a dia. Para usar, o “Seu Daily Mix” está disponível em “Suas Músicas”, no menu lateral do streaming pelo PC.

Daily Mix monta playlist com músicas personalizadas para você (Foto: Reprodução/Barbara Mannara)Daily Mix monta playlist com músicas personalizadas para você (Foto: Reprodução/Barbara Mannara)

8) Atividade dos seus amigos

Na interface para computador, o Spotify mostra a “Atividade de amigos” em uma barra lateral, na direita da tela. Ali estão as atualizações de tudo o que seus amigos estão ouvindo recentemente e há quanto tempo isso ocorreu. É um recurso rápido para você conhecer novas músicas: ao clicar na faixa, álbum ou artista a reprodução é aberta no streaming e você pode salvar nas suas listas privadas.

Veja o que seus amigos andam ouvindo recentemente (Foto: Reprodução/Barbara Mannara)Veja o que seus amigos andam ouvindo recentemente (Foto: Reprodução/Barbara Mannara)

9) Perfis de amigos

Você pode acessar diretamente o perfil do seu amigo específico para ficar por dentro do que ele costuma ouvir no Spotify. Essa pesquisa pode ser feita pela barra de “Busca” no topo, digitando o nome da pessoa, ou clicando em um dos perfis que aparecem em “Mais amigos”, na aba lateral. No perfil estão as playlists públicas que a pessoa curte, além de mostrar os perfis que ele segue e que estão seguindo, inclusive de celebridades.

Encontre novidades nos perfis dos seus amigos (Foto: Reprodução/Barbara Mannara)Encontre novidades nos perfis dos seus amigos (Foto: Reprodução/Barbara Mannara)

10) Seguir perfil de artista

O usuário pode encontrar seu artista favorito no Spotify e seguir seu perfil. Essa é uma das formas mais práticas de ficar por dentro de todos os lançamentos musicais relacionados com essa pessoa no streaming e descobrir novas faixas. Na visão geral do perfil, o usuário encontra as novidades sonora, trilhas mais populares recentemente, álbuns disponíveis, artistas relacionados e até a aba de “Ao vivo”, com indicações de shows. A pesquisa pode ser feira usando a barra de “Busca” no topo da tela.

Siga o perfil do seu artista favorito no Spotify (Foto: Reprodução/Barbara Mannara)

Shannon Hoon, falecido vocalista do Blind Melon, ganha documentário

Filmagens caseiras do músico foram usadas para o filme.

Os fãs do Blind Melon das antigas ficarão felizes com essa notícia! Um documentário dedicado ao falecido vocalista Shannon Hoon será lançado neste mês e promete ser incrível.

All I Can Say traz diversas filmagens caseiras feitas por Hoon em vida e tem como objetivo mostrar um outro lado do músico. O projeto dirigido por Danny ClinchTaryn Gould e Colleen Hennessy estreou em 2019 no Tribeca Film Festival, mas chega ao público no dia 26 de junho em “cinemas virtuais”.

Leia um trecho da descrição do documentário abaixo:

[‘All I Can Say’ traz] centenas de horas de gravações deixadas por Hoon e cria meticulosamente um retrato atraente e intimamente matizado de um artista em ascensão. Ao mesmo tempo, é um trabalho colaborativo de décadas e uma homenagem artística.

Hoon se filmou religiosamente de 1990 a 1995 com uma câmera, gravando até algumas horas antes de sua morte súbita. Sua câmera era um diário e sua confidente mais próxima. Nas centenas de horas de filmagem, Hoon documentou meticulosamente sua vida – sua família, seu processo criativo, a fama de sua banda e sua luta contra o vício.

Você pode saber mais detalhes sobre o filme em seu site oficial.

Shannon Hoon

O músico partiu em 1995, aos 28 anos de idade, vítima de overdose.

Rolling Stones liberam canção gravada com Jimmy Page, do Led Zeppelin

Os Rolling Stones liberaram a audição para as plataformas digitais nesta quarta-feira (22) de uma canção chamada “Scarlett”. Trata-se de uma faixa jamais lançada anteriormente e que foi resgatada das sessões de estúdio de Goat’s Head Soup, de 1974.

O mais interessante nesse resgate é que essa é uma gravação em que os Stones contaram com a colaboração de ninguém menos que Jimmy Page, guitarrista do Led Zeppelin.

“Me lembro que entramos [no estúdio] no final de uma sessão do Zeppelin. Eles estavam de saída, e nós estávamos agendados para a sequência, então, Jimmy decidiu ficar. Nós não estávamos realmente editando uma faixa, era basicamente uma demonstração… apenas para ter a opinião dele, mas acabou rolando e, com uma linha como essa, você sabe, é melhor usá-la”, comentou Keith Richards no material de divulgação à imprensa.

“Scarlett” será incluída na versão estendida de Goat’s Head Soup, que tem lançamento agendado para 4 de setembro, juntamente com outras duas faixas inéditas “All The Rage” e “Criss Cross”.

Utilize o player abaixo e curta mais uma novidade dos Rolling Stones aqui no site da 89 A Rádio Rock:

Excessos: como os rockstars gastam os seus milhões

O Daily Mail, famoso tablóide inglês, publicou em seu site alguns dos mais famosos episódios de desperdício e flagrante queima de dinheiro feito por rockstars. Confira a lista abaixo.

LEMMY KILMISTER

Espada da Luftwaffe: £3,245 (R$11.540)

Nascido em 1945, o líder do Motorhead, Lemmy, era fascinado por artigos da Segunda Guerra. Uma espada cerimonial rara é o item mais valioso de sua ampla coleção e dobrou de valor desde que ele a adquiriu.

“É um investimento muito bom”, argumentava Lemmy, que dizia não ter admiração por nenhum dos nazistas… exceto pelo chefe da Luftwaffe, Hermann Goering.

ELVIS PRESLEY

Sanduíches de manteiga de amendoim e bacon: £1,846 (R$6.570)

Na noite de 1º de fevereiro de 1976, ‘o Rei’ aprontou uma que combinava três de suas atividades preferidas – gastar muito, se gabar para policiais e comer coisas nojentas.

Enquanto entretia dois policiais do Colorado na Graceland, sua casa em Memphis, ele mencionou um sanduíche que havia comido uma vez no restaurante da Colorado Gold Mine Company em Denver: um pão sem miolo, com manteiga, recheado de manteiga de amendoim, presunto e 500 g de bacon frito. O sanduíche era para oito pessoas, mas Elvis acabou com ele sozinho.

Notavelmente, um dos policiais mostrou interesse. Mais notavelmente ainda, Elvis insistiu que eles deviam ir para Denver, a 1600 km de distância, comê-lo.

Sua limusine Mercedes os levou ao aeroporto de Memphis, onde seu jato particular, Lisa Marie – com móveis de plush verde-água – aguardava. Duas horas depois, eles aterrisaram em Denver, onde 22 sanduíches ‘Fool’s Gold’, de R$96, em bandejas de prata, além de um balde de água Perrier e uma caixa de champanhe, foram levados a um hangar privativo do aeroporto pelo dono do restaurante, sua esposa e um garçom.

BONO VOX

Vôo de primeira classe para um chapéu: £1,000 (R$3.550)

Convidado para se apresentar em um show beneficente para o Iraque com Luciano Pavarotti em 2003, o vocalista do U2 percebeu que havia esquecido seu chapéu de feltro favorito, então providenciou que o acessório fosse levado de táxi até o aeroporto Heathrow e, de lá, para um vôo para Itália – em primeira classe. Devido ao medo de que ele fosse amassado, perdido ou roubado, o chapéu recebeu um upgrade de sua espaçosa poltrona para a cabine do comandante.

THE BEATLES

Aparelhos Eletrônicos da Apple: £278,000 (R$989.250)

Uma parte da infame e extravagante empresa Apple Corps dos Beatles, que também incluía a Apple Records e uma butique, era esta sub-divisão chefiada pelo mago dos eletrônicos Alexis Mardas. Em seu único ano no emprego, ‘Magic’ Alex lançou diversos inventos, incluindo tinta elétrica, um disco voador e um estúdio de gravação com ‘campo de força sônica’, que nunca funcionaram. Ele foi demitido em 1969.

SIR ELTON JOHN

Flores: £250,000 (R$889.600)

O pianista favorito da Inglaterra nunca foi um homem de desperdiçar um milhão quando poderia gastar três milhões, mas o amor de Elton pelas flores ultrapassa até mesmo seus níveis mais vertiginosos de gastos. Durante o processo contra seu antigo agente em 2000, ele admitiu no tribunal que, entre janeiro de 1996 e setembro de 1997, havia gasto mais de R$ 880 mil em flores. “Sim, gosto de flores”, afirmou. Jura?

RONNIE WOOD

Réplica de um pub inglês: £36,000 (R$128.000)

Quando o guitarrista do Rolling Stones comprou Sandymount, uma residência do século 18 em County Kildare, enfeitou o jardim com um pub onde os Stones podiam relaxar durante os ensaios.

Atualmente, no entanto, o pub tende a ter falta de estoque, graças aos episódios esporádicos de sobriedade de Woods.

JOHN LENNON

Trenzinho de primeira classe: £7,075 (R$25.170)

Lennon era famoso por bancar uma imagem de “herói da classe trabalhadora”, mas não tinha vergonha de aproveitar os frutos de seu trabalho nos Beatles e, uma vez, comprou uma cabine inteira de primeira classe em uma companhia aérea para que seu filho, Sean, pudesse montar seu trenzinho. Apropriadamente, Lennon agora tem um aeroporto com seu nome em Liverpool.

SIR PAUL MCCARTNEY

Cerca gigante: £100,000 (R$355.000)

Hordas de javalis estavam se tornando um problema na propriedade de 1000 acres de McCartney na Inglaterra, derrubando árvores e transmitindo febre suína. Só que o apaixonado por animais não queria a culpa de ter animais levando tiros em sua propriedade, então, em 1999, construiu uma cerca de 6,5 km de comprimento para mantê-los afastados.

“Ele faz o que quer porque pode pagar por isso”, disse um incomodado fazendeiro local. No entanto, seu segundo casamento, com um acordo de divórcio que pode chegar à casa das centenas de milhões, pode virar a maior extravagância de todas.

NOEL GALLAGHER

Decoração da casa: £400,000 (R$1.423.300)

O compositor do Oasis estava simplesmente mostrando seu amor pelos Beatles quando, em 1997, decidiu cobrir as paredes de sua cozinha com pinturas caras de submarinos amarelos. Os R$ 71 mil gastos em um tapete com as cores do Manchester City, por outro lado, são um pouco mais difíceis de explicar.

FREDDIE MERCURY

Peixes bonitos: £1.000.000 (R$3.550.000)

Apaixonado por carpas, o extravagante líder do Queen tinha uma coleção cujo valor atingiu mais de R$ 3,5 milhões.

Tragicamente, após sua morte, todos, exceto cinco dos 89 peixes – estimados em até R$ 35 mil cada – morreram em um acidente bizarro de jardinagem quando paisagistas em sua casa em Londres cortaram a energia de seu tanque.

THE WHO

Instrumentos quebrados: £700 (R$2.490)

Bandas de rock sempre tiveram uma relação de amor e ódio com os instrumentos de seu ofício, mas a atitude do The Who com seus instrumentos ganha de lavada.

Em 1965, a banda quebrou várias guitarras e acabava com cerca de R$2.500 em equipamentos no palco todas as noites. “Saímos na frente”, disse o baixista John Entwistle.

TOMMY LEE

Franquia da Starbucks: £2,440 (R$8.680)

A aquisição do baterista do Mötley Crüe em 1999 foi construída em sua casa como um presente para sua então esposa Pamela Anderson.

KEITH MOON

Carro de entrega de leite personalizado: £300 (R$1.000)

Em 1971, o destruidor do The Who comprou um carro elétrico de entrega de leite e o transformou em um “salão vitoriano móvel” – com poltrona, papel de parede, bar e um gramofone. Para caber em sua garagem, Moon removeu seu Corvette – e o bateu em uma barreira nas proximidades.

MEMBROS DO GUNS N’ ROSES, ALICE IN CHAINS E ANTHRAX VÃO CELEBRAR OS 40 ANOS DO ÁLBUM “BACK IN BLACK”, DO AC/DC

Nesta sexta-feira, 24 de Julho, a Gibson comemorará 40 anos do álbum “Back in Black” do AC/DC, com a live “Back In Black 40th Anniversary: A Virtual Celebration”.

Organizado por Jared James Nichols, o “Back In Black 40th Anniversary: A Virtual Celebration” contará com Slash, Sebastian Bach, membros do Alice In Chains, Cage The Elephant, Anthrax, Trivium, Lamb Of God, Refused, Airbourne, Gwar, Cherie Currie, Dave Amato, Orianthi, Sergio Vallin do Maná, Emily Wolfe, Brian Posehn e muitos mais. O show gratuito terá depoimentos, tutoriais e performances do AC/DC, e os fãs também terão a chance de ganhar uma seleção de produtos da banda, juntamente com uma guitarra Gibson Custom Shop 1961 Les Paul SG ‘Red Devil’ em Cherry Red e duas Gibson SG Standard em Ebony.

Será na sexta-feira, 24 de julho, às 17 horas (horário de Brasília) para assistir a transmissão ao vivo gratuita de “Back In Black 40th Anniversary: A Virtual Celebration” nos canais do FacebookYouTubeInstagram e Twitch do site Consequence Of Sound.

“Back in Black” ganhou disco de platina pela primeira vez em outubro de 1980 e já havia sido certificado 22 vezes platina em dezembro de 2007. A RIAA lista “Back In Black” como o quarto álbum mais vendido de todos os tempos.

Em 25 de julho de 1980, o AC / DC lançou “Back In Black” nos EUA, seguido pelo lançamento do álbum no Reino Unido em 31 de julho. Foi o primeiro álbum da banda sem o vocalista Bon Scott, que morreu alguns meses antes.

Fonte: Blabbermouth

Skank faz live em comemoração aos 30 anos de carreira

A banda mineira Skank anunciou sua terceira live em seu canal oficial no YouTube no dia 1º de agosto às 20h. Na intitulada Live 30 AnosSamuel, Henrique, Haroldo e Lelo desfilarão seus grandes sucessos como Jackie Tequila, Ainda Gosto Dela, entre outros.

Skank faz live em comemoração aos 30 anos de carreira

Foto: Weber Pádua

“A live tem sido uma compensação, uma possibilidade para dar vazão ao repertório da Turnê de Despedida. Ainda não sabemos quando poderemos retomá-la, então, o público poderá conferir as músicas bem conhecidas da banda”, conta Samuel Rosa, completando que além dos clássicos, o grupo pretendia revisitar canções que não vinham sendo apresentadas nos shows.

O ano de 2020 seria de comemoração e despedida dos palcos para o Skank. Eles viajariam para todo o Brasil para uma turnê comemorativa, mas por conta da pandemia, a relação entre banda e público se voltou para as lives nesse período.

Motörhead anuncia box comemorativo dos 40 anos de “Ace of Spades”

Lançamento inclui reedições de luxo, materiais inéditos e colecionáveis para fãs.

 

Agora Ace of Spades ganha uma edição especial em seu 40º aniversário, que contará com versões de capa dura em dois formatos de CD e LP triplo, apresentando um concerto inédito da turnê Ace Up Your Sleeve, a história do álbum e muitas fotos inéditas.

Além disso, o álbum será lançado como um box set para fãs, edição de colecionador Ace Of Spades, contendo tesouros da época e cerca de 42 faixas inéditas.

O álbum já está em pré-venda no endereço https://motorhead.lnk.to/AOS40PR.

Confira o conteúdo completo da edição comemorativa de Ace Of Spades:

Ace of Spades

Lado 1

Ace Of Spades
Love Me Like A Reptile
Shoot You In The Back
Live To Win
Fast And Loose
(We Are) The Road Crew

Lado 2

Fire Fire
Jailbait
Dance
Bite The Bullet
The Chase Is Better Than The Catch
The Hammer

A Fistful Of Instrumentals

Lado 1

Ace Of Spades (demo)
Hump On Your Back (demo)
Shoot You In The Back (demo)
Fast And Loose (demo)

Lado 2

Dirty Love (demo)
Love Me Like A Reptile (demo)
Dance (demo)

Riders Wearing Black
Live At Whitla Hall, Belfast – 23rd Dec 1981

Lado 1

Ace Of Spades
Stay Clean
Over The Top
The Hammer
Shoot You In The Back
Metropolis

Lado 2

(We Are) The Road Crew
No Class
Bite The Bullet
The Chase Is Better Than The Catch

Lado 3

Jailbait
Leaving Here
Capricorn
Too Late, Too Late

Lado4

Overkill
Bomber
Motörhead

Dead Man’s Hand Live At Parc Expo, Orleans – 5th March 1981

Lado 1

Ace Of Spades
Stay Clean
Over The Top
Metropolis
Shoot You In The Back

Lado 2

The Hammer
Jailbait
Leaving Here
Fire Fire
Love Me Like A Reptile

Lado 3

Capricorn
Too Late, Too Late
(We Are) The Road Crew
No Class

Lado 4

Bite The Bullet
The Chase Is Better Than The Catch
Overkill
Bomber

The Good, The Broke & The Ugly

Lado 1

Ace Of Spades (Alternative Version)
Dirty Love
Love Me Like A Reptile (Alternative Long Version)
Shoot You In The Back (Alternative Version)

Lado 2

Hump On Your Back
Fast And Loose (Alternative Version)
(We Are) The Road Crew (Alternative Version)
Fire Fire (Alternative Version)
Jailbait (Alternative Version)

Lado 3

Waltz Of The Vampire
The Hammer (Alternative Version)
Dirty Love (Alternative Long Version)
Bastard
Godzilla Akimbo

Lado 4

Love Me Like A Reptile (Alternative Version)
Dirty Love (Alternative Version)
Please Don’t Touch (Performed by Headgirl)
Bomber (Performed by Girlschool)
Emergency

Ace On Your Screens DVD

Parte 1 : Motörhead on TV 1980-1981
Parte 2 : BBC In The City; Live In Belfast ‘81
Parte 3 : 5.1 audio mix of Ace Of Spades

title_goes_here