Confirmado o retorno de Rudy Sarzo ao Quiet Riot

Confirmado o retorno de Rudy Sarzo ao Quiet Riot

Passados 18 anos de afastamento, Rudy Sarzo voltará ao Quiet Riot. A confirmação foi dada pelo próprio baixista, em entrevista à rede de rádio americana SiriusXM.

“Estou voltando para casa, estou retornando ao Quiet Riot no início de 2022”, disse Rudy Sarzo. “No próximo ano, completo 50 anos de minha jornada com o Quiet Riot ― que se iniciou justamente quando comecei a tocar com Frankie Banali [que morreu em 2020, com câncer de pâncreas]. Aquilo mudou os rumos da minha vida.”

“Frankie me disse em abril de 2019 que estava com câncer e o Covid veio em 2020. Ficou impossível de nos encontrarmos. Poucos dias antes de sua morte, Regina [esposa de Frankie] me pediu para ir na casa deles e passei um tempo com Frankie”, lembra Sarzo.

“Ele morreu dias depois e a própria Regina me disse que ele queria muito que eu voltasse à banda. Eu estava traumatizado com a morte do Frankie, precisei de um bom tempo para tomar a decisão de retornar ao Quiet Riot. Mas eu tinha que fazer isso. Eu precisava carregar esse legado e celebrá-lo. Então, decidi voltar para minha casa, que é o Quiet Riot.”

Durante os anos em que esteve fora do Quiet Riot, Sarzo tocou com Dio, Ozzy Osbourne, Whitesnake, Queensrÿche e Blue Öyster cult, só para citar alguns.

Já Frankie Banali teve uma longa carreira, que começou em 1975 e passou por nomes como Quiet Riot, Hughes/Thrall, WASP, Faster Pussycat, Blackthorne, Heavy Bones, Dokken, Billy Idol e Steppenwolf.

Os fãs lembram com mais carinho de seus dias no Quiet Riot, banda que ele literalmente ressuscitou em 2010, três anos após Kevin DuBrow (vocalista) ter sido encontrado morto por overdose de cocaína. Em novembro de 2019, o Quiet Riot lançou seu último trabalho de estúdio, Hollywood Cowboys, através do selo Frontiers Music.