FÓRMULA 1 – GP da Bélgica – 2021

Após quase um mês de intervalo, a Fórmula 1 retorna para realizar a 12ª etapa da temporada

FÓRMULA 1 – GP da Bélgica – 2021

Após quase um mês de intervalo, a Fórmula 1 retorna para realizar a 12ª etapa da temporada: o Grande Prêmio da Bélgica, nos dias 27, 28 e 29 de agosto. A pista que receberá a categoria mais alta do automobilismo nesse final de semana é o circuito de Spa-Francorchamps, um traçado histórico e um dos mais admirados por pilotos e fãs de automobilismo no geral.

Curiosamente, a Fórmula 1 segue para Spa no ano em que o icônico traçado comemora 100 anos de existência. A pista belga é uma das poucas do calendário que recebe a F1 desde a temporada de estreia da categoria, esta que ocorreu em 1950. Embora não tenha nenhum automobilista ou escuderia com nacionalidade belga, essa prova será especial para Daniel Ricciardo, pois o GP da Bélgica marcará a corrida de número 200 do australiano na Fórmula 1.

Abaixo, confira algumas das expectativas de pilotos e chefes de equipe para o GP europeu:

Mercedes (303 pts) 

Toto Wolff (chefe da equipe): “Embora tenhamos aproveitado o merecido tempo de folga, também estamos ansiosos para voltar a fazer o que amamos: correr. Vamos para Spa-Francorchamps em uma boa posição. Lideramos os dois campeonatos e o W12 parece estar em um lugar melhor, após as atualizações introduzidas em Silverstone e uma exibição encorajadora na Hungria. Mas sabemos que há um longo caminho pela frente e muito ainda pode acontecer nesta temporada de altos e baixos. Spa é uma pista que todos nós conhecemos e amamos, uma das verdadeiras clássicas da F1 com suas curvas icônicas, seções extensas e belas paisagens. É um traçado extremamente desafiador, tanto para os pilotos quanto para os carros, com a volta mais longa da temporada, muitas mudanças de elevação e algumas forças G muito fortes." 

Red Bull Racing (291 pts)

Max Verstappen #33: “Acho que o circuito de Spa-Francorchamps é um bom lugar para reiniciar nossa luta pelo campeonato. Estou preparado e me sentindo bem para esse fim de semana. Spa é minha pista favorita e é muito legal pilotar com tantas curvas de alta velocidade e mudanças de elevação. Também estou ansioso para ver todos os fãs de laranja que virão nos apoiar, pois eles não puderam estar lá no ano passado.

Mclaren (163 pts)

Lando Norris #4: “Depois de um pequeno intervalo, estou ansioso para voltar a correr. O GP da Bélgica é uma corrida especial. Em primeiro lugar, Spa é um dos meus circuitos favoritos, com um layout fluido e de alta velocidade. A sequência de Radillon e Eau Rouge é uma das mais emocionantes de todo o calendário, e é muito legal fazer essas curvas em um carro de F1 moderno. Em segundo lugar, é onde vive grande parte da minha família, o que sempre torna as provas lá uma ocasião especial. Eu definitivamente sinto o amor dos fãs por aí também, então estou louco para entrar no caminho certo e dar a eles um bom show.”

Daniel Ricciardo #3: “Spa, que é um circuito incrível. É a pista perfeita para voltar com suas seções de alta velocidade e mudanças dramáticas de elevação. Voltei a trabalhar no simulador na fábrica esta semana em preparação para o GP belga, e estou pronto para voltar a trabalhar. Este também é um final de semana especial para mim, pois me preparo para o para o meu 200º Grande Prêmio na Fórmula 1. Se você tivesse me dito em Silverstone em 2011, quando fiz minha estreia, que eu alcancei a marca de 200 GPs, certamente teria ficado muito animado com isso. É realmente um marco do qual estou orgulhoso.

NOVIDADES PARA O GP

A Ferrari anunciou que usará o seu terceiro motor permitido na temporada, já que a unidade de potência de Charles Leclerc sofreu avarias irreparáveis, devido ao contato recebido por Stroll na Hungria. Caso o monegasco precise de um quarto motor para disputar alguma outra etapa deste ano, será penalizado em algumas posições no grid na prova seguinte a troca, de acordo com as normas da FIA.

Nesse fim de semana, Valtteri Bottas irá cumprir a punição de -5 posições no grid de largada que recebeu no GP da Hungria, ao bater em Lando Norris e o tirar da corrida na curva 1. Assim, Hamilton ficará sem escudeiro nessa prova.

O circuito de Spa-Francorchamps possui 7.004 km de extensão, recebe GPs da Fórmula 1 desde 1950 e a corrida terá um total de 44 voltas. O recorde de volta mais rápida no traçado pertence a Valtteri Bottas, este que marcou o tempo de 1:46.286 em 2018. A pista tem como características principais a predominância de trechos de alta velocidade, mudanças acentuadas de elevação, sequências de curvas de média e duas zonas de ativação da asa móvel (DRS).

Além disso, Spa possui uma das retas mais longas da temporada, localizada após a famosa curva Eau Rouge e o principal ponto de ultrapassagem do traçado. O favorito à vitória nessa etapa é Lewis Hamilton, este que venceu em Spa ano passado. Porém, devido a punição aplicada em Bottas, Verstappen terá caminho livre para disputar a vitória com o britânico. Além disso, caso Sergio Perez consiga se classificar bem e largar próximo ao parceiro de equipe, as chances de Max garantir mais uma vitória na temporada e reassumir a liderança do campeonato serão ainda maiores.

A corrida acontecerá no próximo domingo, dia 29 de agosto, às 10h (horário de Brasília), e será transmitida ao vivo pela Rede Bandeirantes de Televisão.