Frank Bello , do Anthrax: 'Eu gostaria de ter nascido numa época em que as pessoas eram mais pacientes com outras pessoas'

Parece que agora, com as mídias sociais e tudo mais, que as pessoas estão esperando você errar para pular em você

Frank Bello , do Anthrax: 'Eu gostaria de ter nascido numa época em que as pessoas eram mais pacientes com outras pessoas'

Em entrevista ao V13, o baixista do Anthrax Frank Bello, que atualmente está promovendo seu próximo livro de memórias, Pais, Irmãos e Filhos: Sobrevivendo à Angústia, Abandono e Anthrax, falou sobre seu desejo de voltar a uma era em que as pessoas estavam mais unidas e mais compassivas umas com as outras.

"Eu me sinto como um peido velho mesmo dizendo isso. E isso é bom, sabe? Então que seja assim", disse ele. "Porque a verdade é que somos todos humanos. Eu não me importo com as crenças políticas alheias - seja elas quais forem, cara, o que você acredita - mas quanto mais velho eu fico, mais eu vejo isso, as pessoas precisam se preocupar umas com as outras. Porque isso é tudo que temos, cara".

"Eu observo - até mesmo os filmes mais antigos, que eu amo; Sou um fanático por Filmes Clássicos da Turner, e a maneira com que as pessoas se relacionavam", continuou. "Parece que agora, com as mídias sociais e tudo mais, parece que as pessoas estão esperando você errar para pular em você. E esse é realmente o caminho a se seguir? Para mim, eu não quero fazer isso; não quero falar com ninguém. Não quero pular em ninguém. Quero falar assim e ser humano. Suas crenças são suas crenças. Isso é legal. Eu tenho as minhas, e isso é legal. É assim que vivemos. Estamos na América, certo? Vamos lá, vamos lá. E isso é a vida; maior do que isso, é a vida. Há muita insistência lá, pessoas esperando alguém falhar e pular sobre ele. É, tipo, espere um segundo, cara. Dê um tempo ao cara, porque ele é humano. Só vejo muito disso".

"Eu sempre digo que gostaria de ter nascido em um tempo melhor quando as pessoas eram apenas mais pacientes com outras pessoas e não estavam prontas para apenas atacar. É, tipo, "Tudo bem. Cara, eu estraguei tudo. Desculpa. Vamos seguir em frente. E você passa outro dia. Só espero que um pouco mais disso seja infundido com a vida em breve. Isso é tudo".

"Pais, Irmãos e Filhos: Sobrevivendo à Angústia, Abandono e Anthrax" será lançado em 12 de outubro (EUA). O prefácio foi escrito pelo baixista/vocalista do KISS Gene Simmons.

No ano passado, Bello confirmou que estava trabalhando em material para seu primeiro álbum solo. Sobre a direção musical de seu material solo, Bello disse: "É engraçado, porque está soando muito parecido com ALTITUDES & ATTITUDE [Projeto paralelo de Bello com o ex-baixista do MEGADETH David Ellefson]. É mais nessa veia - rock and roll pesado... Eu cresci com essas coisas. Vai ser rock and roll com uma borda mais pesada para ele, e isso é bom, porque é nisso que eu estou envolvido.

O LP solo de Bello deverá ser lançado via Megaforce, que lançou o álbum de estreia da ALTITUDES & ATTITUDE, Get It Out, em janeiro de 2019.

Nascido e criado no Bronx, Bello começou a tocar aos 12 anos, aprendendo baixo na guitarra e a idolatrar heróis de baixo como Geddy Lee, Steve Harris e Geezer Butler; e como frequentemente tocava com seu tio, o baterista do ANTHRAX Charlie Benante. Bello juntou-se ao Anthrax a época do álbum Spreading The Disease de 1985, e os fãs adoraram sua presença de palco de alta energia e o estilo de baixo habilmente inventivo. Desde então, Anthrax rapidamente atingiu os altos escalões do estrelato do metal com uma série de álbuns clássicos de thrash metal alimentados pelo trabalho ferozmente riffing bass de Bello. No palco e fora, Bello é um verdadeiro embaixador do baixo.

O Anthrax está trabalhando no material para seu próximo álbum de estúdio, provisoriamente previsto para 2022. A continuação de For All Kings de 2016 será o terceiro lançamento completo do Anthrax desde o retorno em 2010 do cantor Joey Belladonna, que voltou ao grupo para os shows do Big Four com Metallica, Slayer e Megadeth, no processo ajudando a inspirar uma nova onda de criatividade.