Hackers roubam mais de US$ 600 milhões em criptomoedas através de videogame

Axie Infinity é um popular jogo em que os gamers participam de batalhas virtuais e recebem recompensas que podem trocar dinheiro vivo ou moeda digital

Hackers roubam mais de US$ 600 milhões em criptomoedas através de videogame

Por: Jovem Pan

Hackers roubaram criptomoedas avaliadas em mais de US$ 600 milhões (cerca de R$ 2,8 bilhões) de um livro de contabilidade digital usado por internautas do popular videogame Axie Infinity. O golpe foi revelado nesta terça-feira, 29. O interesse mundial pelas criptomoedas disparou juntamente com sua valorização, mas o dinheiro que representam também se tornou um alvo atraente para ladrões digitais. Ronin Network, uma rede vinculada à criptomoeda Ethereum, especializada em jogos, informou que o ataque dirigido à sua blockchain gerou 173.600 ethers e US$ 25,5 milhões (R$ 121,3 milhões) em moeda estável, um ativo digital atrelado ao dólar americano. O desfalque foi avaliado inicialmente em US$ 545 milhões (R$ 2,4 bilhões) no momento do roubo, em 23 de março, mas alcançou hoje cerca de US$ 615 milhões (R$ 2,9 bilhões), o que faz deste um dos maiores roubos da história das criptomoedas. 

“A maioria dos fundos hackeados ainda está na carteira do hacker”, informou a Ronin na publicação que revelou o furto. A equipe de Sky Mavis, desenvolvedor do jogo Axie Infinity, descobriu a brecha de segurança nesta terça, quando tentou, sem sucesso, retirar ehters. A Ronin Nwtwork ainda está investigando o ataque, mas disse que os hackers obtiveram “chaves” privadas para retirar fundos digitais. “Sabemos que a confiança deve ser conquistada e estamos utilizando todos os recursos à nossa disposição para implementar as medidas e processos de segurança mais sofisticados para prevenir futuros ataques”, disse a rede. “Estamos trabalhando com funcionários judiciais, criptógrafos forenses e nossos investidores para nos assegurarmos de que os fundos dos usuários não se percam.” 

Na Axie Infinity, os jogadores participam de batalhas e recebem recompensas que podem trocar por criptomoedas ou dinheiro vivo. Para jogar, precisam comprar no mínimo três Axies, NFTs (tokens não fungíveis) que ficam armazenados em um blockchain (ou livro de contabilidade digital inalterável). Quem possuir Axies pode comprá-los, vendê-los ou alugar a outros jogadores. Os proprietários também podem “criá-los” para criar novos Axies com mais valor. 

Hackers roubam mais de US$ 600 milhões em criptomoedas através de videogame  | Jovem Pan