Hamilton ultrapassa Verstappen, vence o GP de São Paulo e diminui diferença no mundial

Foi a sexta vitória do Hamilton na temporada, a terceira no Brasil

Hamilton ultrapassa Verstappen, vence o GP de São Paulo e diminui diferença no mundial

Por: F1 Mania

Lewis Hamilton venceu o Grande Prêmio de São Paulo de Fórmula 1, 19ª etapa da temporada, realizada neste domingo (14), em Interlagos. Foi a sexta vitória do Hamilton na temporada, a terceira no Brasil.

Com uma ultrapassagem nos estágios finais da corrida, Hamilton se aproxima de Verstappen na briga pelo título da temporada. Agora 14 pontos separam o líder Max Verstappen do segundo colocado Hamilton.

Verstappen foi o segundo colocado, enquanto Valtteri Bottas completou o pódio na terceira posição. O filandês da Mercedes largou na pole-position, mas foi superado por Verstappen logo na largada.

Sergio Perez, da Red Bull, foi o quarto colocado. O mexicano foi aos boxes nos estágios finais, colocou pneus novos e garantiu o ponto extra pela volta mais rápida.

A Ferrari teve um bom desempenho neste domingo ensolarado em Interlagos. Charles Leclerc terminou em quinto e Carlos Sainz em sexto.

Pierre Gasly, da AlphaTauri, foi o sétimo colocado em um final de semana impecável. Do outro lado dos boxes, Yuki Tsunoda não teve um bom dia. O japonês acabou batendo em Kimi Raikkonen nas primeiras voltas e terminou em 15º.

A Alpine superou a McLaren novamente, desta vez em Interlagos. Esteban Ocon foi o oitavo e Fernando Alonso o nono.

A McLaren teve que se contentar com o ponto de Lando Norris pela 10ª posição. Daniel Ricciardo teve problemas com seu motor Mercedes e abandonou a corrida. Outro abandono aconteceu com Lance Stroll, da Aston Martin.

A corrida

Verstappen largou bem e assumiu a primeira posição antes da primeira curva. Bottas, largando na pole position, espalhou, perdeu tempo e também foi superado por Perez.

Hamilton partiu da P10 e já era o sétimo no fim da primeira volta. O britânico passou Vettel, depois a dupla da Ferrari, Sainz e Leclerc, e assumiu a P4 dois giros depois.

Na volta 5, Hamilton passou Bottas e assumiu a terceira posição. Lá na frente, Verstappen abria vantagem e estava 1,4s à frente de Perez e cinco segundos de Hamilton.

O safety car foi acionado para retirar detritos do AlphaTauri de Tsunoda no Esse do Senna. O japonês largou com os macios, mas trocou para os duros depois que teve sua asa dianteira danificada em toque com Stroll – Tsunoda foi penalizado em 10 segundos.

O safety car deixou a pista na volta 10. Verstappen segurou bem o pelotão e manteve a P1. As primeiras posições não foram alteradas, enquanto Bottas bloqueava a tentativa da Ferrari de se aproximar de Hamilton.

Schumacher teve sua asa dianteira danificada depois de um toque com Raikkonen. O safety car virtual foi ativado para a limpeza da pista.

Hamilton e Perez travaram uma disputa roda a roda pela segunda posição. Hamilton passou Perez no Esse, mas o mexicano deu o troco na reta oposto. Um giro depois, no 18, Hamilton conseguiu a ultrapassagem e permaneceu à frente do piloto da Red Bull.

Hamilton assumiu a P2, mas Perez fez um bom trabalho de equipe segurando o britânico. A vantagem era de quase quatro segundos quando o heptacampeão conseguiu passar.

No fim da volta 26, Hamilton foi aos boxes para o seu pit-stop. O britânico colocou os pneus duros e voltou na sexta posição.

Verstappen foi aos boxes na volta seguinte. O piloto da Red Bull voltou à frente de Hamilton, mas em posição de sofrer pressão de Hamilton.

O safety car virtual foi ativado para retirar destroços do carro de Stroll. O canadense deixou pedaços do seu Aston Martin na reta.

Bottas parou na volta seguinte e retornou em terceiro, entregando a liderança para Verstappen. Hamilton era o segundo colocado.

O piloto da Mercedes não conseguia se aproximar o suficiente de Verstappen para usar o DRS.

Algumas voltas depois, na 39, Verstappen foi aos boxes e trocou seus pneus duros usados por novos. A Mercedes segurou Hamilton na pista por duas voltas e também colocou duros novos no Mercedes #44.

Hamilton colocou de lado na reta oposta para ultrapassar o holandês, mas Verstappen alargou a saída da curva 4 e os dois foram para fora da pista. O incidente foi anotado pelos comissários.

Na volta 60, Hamilton foi para cima de Verstappen e conseguiu a ultrapassagem na curva 4. O holandês até tentou se defender, mas Hamilton assumiu a liderança da corrida quando faltavam 12 voltas para o fim.

Rapidamente, Hamilton abriu dois segundos de vantagem para Verstappen e recebeu a bandeira quadriculada quase 10 segundos à frente do seu rival ao título de 2021.

Verstappen terminou em segundo, enquanto Bottas completou o pódio na terceira posição. Perez foi aos boxes, colocou pneus novos e garantiu o ponto extra pela volta mais rápida da corrida.

Confira o resultado do GP de São Paulo de F1:

1) Lewis Hamilton (Mercedes)
2) Max Verstappen (Red Bull/Honda)
3) Valtteri Bottas (Mercedes)
4) Sergio Pérez (Red Bull/Honda)
5) Charles Leclerc (Ferrari)
6) Carlos Sainz Jr. (Ferrari)
7) Pierre Gasly (AlphaTauri/Honda)
8) Esteban Ocon (Alpine/Renault)
9) Fernando Alonso (Alpine/Renault)
10) Lando Norris (McLaren/Mercedes)
11) Sebastian Vettel (Aston Martin/Mercedes)
12) Kimi Räikkönen (Alfa Romeo/Ferrari)
13) George Russell (Williams/Mercedes)
14) A.Giovinazzi (Alfa Romeo/Ferrari)
15) Yuki Tsunoda (AlphaTauri/Honda)
16) Nicholas Latifi (Williams/Mercedes)
17) Nikita Mazepin (Haas/Ferrari)
18) Mick Schumacher (Haas/Ferrari)
OUT) Daniel Ricciardo (McLaren/Mercedes)
OUT) Lance Stroll (Aston Martin/Mercedes)
 

Hamilton ultrapassa Verstappen, vence o GP de São Paulo e diminui diferença no mundial (f1mania.net)