Irlandesa TANYA O’CALLAGHAN é a nova baixista do WHITESNAKE

"Estamos muito orgulhosos de anunciar e apresentar a vocês a nossa mais nova cobra… Ou devo dizer, cobrete!"

Irlandesa TANYA O’CALLAGHAN é a nova baixista do WHITESNAKE

Por: Roadie Crew

Após o Whitesnake comunicar no último domingo (21) a saída, de forma amigável, do baixista Michael Devin, e antecipar que já tinha um substituto para o posto (leia), o lendário grupo britânico de hard rock anunciou nesta terça-feira (23) a entrada de Tanya ‘O’ Callaghan.

Em nota em seu site oficial, o Whitesnake fez o seguinte comunicado:

“Bem, bem, bem… Senhoras e senhores, meninos e meninas… Estamos muito orgulhosos de anunciar e apresentar a vocês a nossa mais nova cobra… Ou devo dizer, cobrete!

Por favor, faça um coro alto do Whitesnake. Bem-vinda, tornado irlandês!

Um autêntico turbilhão de uma artista que sentimos que trará uma musicalidade fresca, nova e empolgante, além de uma energia de boas-vindas à banda, tanto no estúdio quanto no palco. Aqui está ela, nascida e criada na Irlanda, a primeira e única!”

O líder e vocalista David Coverdale complementou dizendo:

“Por alguma razão, o Whitesnake nunca antes havia apresentado uma musicista na banda. Bad Boys! Mas, quando vimos Tanya se apresentando com nosso amigo Steven Adler no festival M3 em 2019 ficamos todos maravilhados… Uma artista eletrizante.

Quando o Whitesnake e Michael Devin decidiram seguir caminhos separados, Tanya foi a primeira pessoa que procuramos e, felizmente, ela aceitou nosso convite para se tornar uma serpente.

Estamos emocionados e encantados em dar as boas-vindas à Tanya ‘O’ Callaghan ao Whitesnake!

Deixe a música falar!”

Nascida em Mullingar, Irlanda, porém residente em Los Angeles (EUA), Tanya integrou as bandas solo de Dee Snider (ex-Twisted Sister, Desperado, Widowmaker) e de Ronnie Wood (Rolling Stones), e também o Adler’s Appetite, do baterista original do Guns N’ Roses Steven Adler, entre outros artistas.

Ativista, Callaghan divide com Derrick Green (Sepultura) a apresentação do programa Highway to Health, onde se senta com estrelas como Moby, Kat Von D e outras, para falar sobre vida saudável e estilo de vida vegano.

David Coverdale, que em setembro completou 70 anos, informou recentemente que planeja se aposentar ao término da próxima turnê mundial do Whitesnake. Até porque, além da idade avançada, o cantor passou por alguns problemas físicos que ainda devem lhe causar certos incômodos. Em 2017, devido a uma artrite degenerativa que lhe causava fortes dores nos joelhos durante os shows, ele passou por um implante de placas de titânio em substituição dos mesmos. Além disso, em 2020 Coverdale foi submetido a uma cirurgia de hérnia inguinal bilateral.

No entanto, ainda que o Whitesnake se aposente dos palcos, isso não impedirá Coverdale de seguir produzindo material inédito de estúdio. Em entrevista ao Planet Rock, ele disse: “Ainda estarei envolvido com música. Temos um contrato relativamente de longo prazo com a Warner. Temos muitos projetos para fazer isso sob a bandeira do Whitesnake”.

Coverdale comentou também que seu envolvimento com a composição segue a pleno vapor. “Toco guitarra todos os dias. No momento em que começo a tocar, tenho ideias para músicas. Para mim, é impossível não fazer isso. É como meu hobby. É algo que devo fazer, caso contrário, acho que não receberia todas essas ideias incríveis para melodias e letras maliciosas, entre elas Slide it in”.

Irlandesa TANYA O’CALLAGHAN é a nova baixista do WHITESNAKE - Roadie Crew