Metal Lords é uma comédia romântica norteada pelos clássicos do Black Sabbath, Judas Priest e Metallica

È louvável o esforço para sair da zona de conforto da comédia romântica adolescente, já que traz em seu mote o sempre “odiado” heavy metal

Metal Lords é uma comédia romântica norteada pelos clássicos do Black Sabbath, Judas Priest e Metallica

Por: RockBizz

Um filme que circula na seara da comédia romântica adolescente é quase sempre meloso e com passagens dramáticas pueris, além disso, tais filmes usam e abusam das já manjadas reviravoltas no roteiro, onde o protagonista, depois de inúmeros “flagelos”, alcança a glória e se transforma na mais nova sensação do pedaço. Ah, sem contar a trilha sonora, que beira o constrangimento, com canções de procedência duvidosa.

Metal Lords, no entanto, novo filme da Netflix, se esforça para sair dessa zona de conforto da comédia romântica adolescente, já que traz em seu mote o sempre “odiado” heavy metal. A história gira em torno de dois jovens: Kevin (Jaeden Martell) e Hunter (Adrian Greensmith), baterista e guitarrista, respectivamente, que estão determinados a vencer o concurso da escola, Batalha das Bandas, com seu grupo Skullfucker.

Na saga de colocar a banda em pé, o caminho da dupla se encontra com o da talentosa violoncelista Emily (Isis Hainsworth). A personagem, apesar da grande maestria com o instrumento, sofre de transtorno mental, o que a coloca, a princípio, em isolamento e fora dos padrões pré-estabelecidos pelos alunos da escola.

Sem maiores detalhes e spoilers ao leitor, a trama se desenvolve em cima dos dramas de cada personagem e, claro, em cima da Batalha das Bandas. O longa desfila uma bem-vinda playlist de clássicos do heavy metal como War Pigs (Black Sabbath); Metal God e Painkiller (Judas Priest), Whiplash (Metallica), entre outros. Além disso, conta com a participação de Scott Ian (Anthrax), Rob Halford (Judas Priest), Kirk Hammett (Metallica) e Tom Morello (Rage Against the Machine).

Metal Lords cumpre uma das prerrogativas da arte que é entreter, e se esforça para sair da zona de conforto dos filmes do já citado gênero. O público do universo heavy metal, de certo, vai tirar mais proveito do longa, pois há muitas referências e informações que só quem é do ramo vai sacar. A diversão é garantida e a trilha sonora é classe A.

Metal Lords É Uma Comédia Romântica Norteada Pelos Clássicos Do Black Sabbath, Judas Priest E Metallica - RockBizz