Metallica: a primeira banda a tocar em todos os sete continentes

A banda conseguiu um lugar no Guinness Book pelo feito inédito

Metallica: a primeira banda a tocar em todos os sete continentes

Por: Wikimetal

Ao pensar no Metallica, a primeira coisa que normalmente vem à mente é seu legado como pioneiros do thrash metal e um dos famosos “quatro gigantes” do gênero. Eles estão ao lado do Anthrax, Megadeth e Slayer. Depois disso, é possível pensar na voz inconfundível e muitas vezes rouca de James Hetfield.

Outro aspecto importante do Metallica que a maioria das pessoas esquece é que eles recebem a honra de serem detentores do Recorde Mundial do Guinness. Em 2013, a banda se tornou o primeiro ato musical a fazer um show em todos os sete continentes do planeta, o que é um feito impressionante. 

A banda tocou para uma pequena multidão de 120 pessoas, uma mistura de cientistas e fãs. Nesse caso, os fãs foram alguns que venceram uma competição para ver seus heróis tocarem entre as vistas deslumbrantes da massa de terra mais ao sul da Terra.

Os ícones de metal tocaram em uma cúpula transparente na Estação Carlini, e é óbvio dizer que a multidão adorou. Naquele ano, a banda estava ocupada, conseguindo se apresentar em todos os sete continentes, o que é uma tarefa gigantesca mesmo para um grupo com todo o apoio de uma grande gravadora. O show na Antártida recebeu o nome de “Freeze ‘Em All” e o Metallica tocou dez clássicos, incluindo ”Master of Puppets”, “One” e “Enter Sandman”.

O interessante sobre esse show único do Metallica foi a maneira como foi montado. A banda tocava sem o tradicional sistema de PA, conhecido como public address system e amplificação. Isso ocorreu pois isso perturbaria o frágil ambiente da já instável do local. Surpreendentemente, os amplificadores da banda foram armazenados em gabinetes isolados, com o som direcionado ao público por meio de fones de ouvido. Em muitos aspectos, era o mesmo formato de uma discoteca silenciosa, mas sem o silêncio.

O Metallica se juntou à Coca-Cola, que organizou a competição para fãs da Argentina, Chile, Colômbia, Costa Rica e México para ganhar a viagem da sua vida. Os vencedores também foram para um cruzeiro de uma semana pela Antártida, que parou para o show.

Outra coisa incrível sobre o show é que a estação Carlini é notoriamente difícil de chegar. Localizada na Ilha King George nas Ilhas Shetland do Sul, só é acessível por via aérea ou marítima através da Base Marambio. Isso deu ao show uma sensação ainda mais exclusiva, entregue em um dos locais mais remotos da Terra.

Entretanto, o Metallica não foi a primeira banda a tocar na Antártida. Em 2007, Nunatak, a banda de casa, da Rothera Research Station, participou do show Live Earth. Eles foram a única banda a tocar no show Antártida do evento mundial e tocaram para uma multidão “lotada” de 17 pessoas, toda a população da Estação.
 

Metallica: a primeira banda a tocar em todos os sete continentes (wikimetal.com.br)