Em 8 de janeiro, os roqueiros novatos do Suspect208 revelaram nas redes sociais que estavam procurando um novo cantor . Após o anúncio, assim como uma série de posts escritos do ex-vocalista, Noah Weiland, a banda divulgou um comunicado explicando porque ele foi demitido.

De acordo com sua postagem no Instagram, Weiland tem lutado contra o abuso de substâncias, não estava mais contribuindo para o processo de composição e era difícil de se conviver. 

Antes de a banda começar a anunciar um novo vocalista, Weiland escreveu uma série de posts em sua história no Instagram aludindo à sua saída do grupo. “Toda a visão mudou completamente nas minhas costas e ninguém me disse nada. Eu estava passando por uma merda tentando descobrir por que todos estavam agindo de forma tão suspeita”, disse ele.

A partir de agora, London Hudson, Tye Trujillo e Niki Tsangaris permanecem em Suspect208.

 

Leia a declaração e a tradução abaixo: 

 

Como muitos de vocês sabem, deixamos nosso cantor, Noah, ir. Estávamos muito próximos dele e era a última coisa que quereríamos fazer, mas tinha que ser feito para a segurança dele, assim como para a longevidade da banda. Essa decisão foi tomada pela banda porque era a última coisa que podíamos fazer para continuar. Noah não estava escrevendo letras ou levantando peso na banda por dois meses antes de deixá-lo ir. Ele estava trilhando um caminho sombrio de uso de drogas que atrapalhava nossa amizade e também a banda. Por último, houve muitos casos de explosões sobre questões muito pequenas com as quais o confrontaríamos. Desejamos a ele o melhor e nos preocupamos profundamente com ele. No entanto, fizemos tudo o que pudemos para ajudá-lo. Obrigado a todos aqueles que permaneceram conosco nesta jornada, estamos muito gratos.”

 

REDAÇÃO LED FM