O que ‘Thor’ e ‘Deadpool’ têm em comum? A música de rock mais cara do mundo

Saiba qual é o clássico do hard rock mais caro para se usar em um filme

O que ‘Thor’ e ‘Deadpool’ têm em comum? A música de rock mais cara do mundo

Por: Wikimetal

A trilha sonora é uma das partes mais essenciais de um filme! Poucas coisas ficam tão bem guardadas na nossa memória quanto aquele momento da cena marcante que tem a música perfeita. Mas quanto será que custa para adicionar uma música a um filme? 

A resposta é variável, mas de uma coisa nós sabemos: a música mais cara do mundo é um clássico do hard rock que já esteve em vários filmes de super-herói como Deadpool 2 (2017), Thor: Ragnarok (2017) e Battleship (2012). Isso já foi revelado anteriormente, mas o assunto voltou à tona em um vídeo viral de um influencer chamado Daniel Wall, postado no TikTok.

Estamos falando de “Thunderstruck”, do AC/DC. Esse é o exemplo mais marcante porque as taxas para adicionar uma música a um filme geralmente variam entre 15 mil e 60 mil dólares, mas de acordo com Wall, o sucesso do AC/DC exigiu nada menos que meio milhão de dólares.

Esse valor, na verdade, foi o que foi pago pelo filme de 1999 Varsity Blues (ou Marcação Cerrada), o que significa que os preços hoje em dia devem estar muito mais caros. O supervisor de áudio do longa, Thomas Golubic, diz ter ficado “horrorizado” com o preço da música na época.

Além dos exemplos já mencionados, “Thunderstruck” também já apareceu nos filmes Pai em Dose Dupla 1 e 2, Homem de Ferro 2 (2010), De Repente Pai (2013) e Golpe Baixo (2005).

O que ‘Thor’ e ‘Deadpool’ têm em comum? A música de rock mais cara do mundo (wikimetal.com.br)