Oficial: Nova Royal Enfield Classic 350 é apresentada

Nova geração de um dos nomes mais icônicos da marca é apresentada na Índia e utilizará motor e plataforma da Meteor

Oficial: Nova Royal Enfield Classic 350 é apresentada

Por: Motor1.com

Há poucos meses, a Royal Enfield do Brasil apresentou ao nosso mercado a Meteor 350. A moto de linhas estradeiras estreou um novo chassi e um propulsor inédito. O conjunto foi chamado pela empresa de "Plataforma J" e, agora, a marca indiana lançou em sua terra natal a primeira variação desse projeto.

Trata-se da nova geração da Royal Enfield Classic 350, um dos nomes mais icônicos da empresa e uma das motos mais desejadas da Índia. Agora com a plataforma da Meteor 350, a Classic renovada conta com um chassi mais moderno e um motor que finalmente abandonou o comando de válvulas varetado (OHV) e o carburador.

Não se deixe enganar pelo visual, a nova Royal Enfield Classic 350 2021 só parece similar à geração antiga da moto. Permaneceram itens como o grande farol halógeno redondo, a dupla de pequenas luzes de posição acima e a aba sobre a peça. As linhas do chassi também são similares e as tampas laterais parecem ter saído diretamente do modelo anterior.

A novidade permanece fazendo uso de rodas raiadas e banco bipartido, que pode ser removido caso o dono goste mais do visual monoposto. No entanto, há alguns avanços. O banco do piloto perdeu as molas de amortecimento, que viraram acessório, e a lanterna traseira agora é de LED, como na Meteor 350.

Na parte ciclística, a nova Royal Enfield Classic 350 se aproxima muito da Meteor, exceto pela altura do banco. Na Classic, é de 805 mm (760 mm na Meteor). O chassi também é do tipo berço duplo. Na dianteira, a moto traz roda raiada de 19 polegadas, pneu 100/90 e disco de freio de 300 mm de diâmetro. Na traseira, respectivamente, são 18 polegadas, 120/80 e 270 mm. As rodas de liga leve são opcionais.

Nas medidas, a moto tem 2,14 m de comprimento, 0,78 m de largura, 1,09 m de altura e 1,39 m de entre-eixos. O peso em ordem de marcha declarado é de 195 kg e o tanque de combustível comporta até 13 litros. O vão livre em relação ao solo é de 170 mm. A suspensão manteve a configuração tradicional de garfo telescópico na dianteira e balança traseira biamortecida.

Indo para a mecânica, trata-se do mesmo motor encontrado na Meteor 350. É um monocilíndrico de 349 cm³ arrefecido a ar e alimentado por injeção eletrônica. Ele traz comando de válvulas no cabeçote acionado por corrente. Agora ele entrega 20,2 cv de potência a 6.100 rpm e 2,7 kgfm de torque a 4.000 rpm. O consumo médio declarado pela Royal Enfield para a nova Classic 350 é de 34,7 km/l. O câmbio tem 5 velocidades.

Entre os principais itens de série, a novidade traz freio ABS na dianteira, cavalete central, partida elétrica (perdeu o charmoso, mas anacrônico, pedal de partida) e uma pequena tela abaixo do velocímetro analógico com odômetro parcial e marcador de combustível. O sistema de navegação por GPS Tripper é opcional (de série na Meteor) e é acompanhado por uma tomada USB.

A nova Royal Enfield Classic 350 já está sendo vendida na Índia com preços partido de 184.000 rúpias, ou cerca de R$ 13 mil na conversão direta. Os indianos poderão escolher entre 11 opções de pintura e acabamento. Para comparação a Meteor 350 parte de R$ 17.990 (sem frete) por aqui. Até o momento, a Royal Enfield do Brasil não se pronunciou sobre a chegada da nova Classic por aqui. Como a Meteor ainda é um modelo recente, caso opte por trazer a novidade, isso não deve acontecer antes de 2022.

Oficial: Nova Royal Enfield Classic 350 é apresentada (uol.com.br)