Ozzy Osbourne defende Sharon Osbourne após discussão sobre racismo

Sharon deixou o programa 'The Talk' após se envolver em uma 'discussão acalorada' com sua co-apresentadora Sheryl Underwood.

Ozzy Osbourne defende Sharon Osbourne após discussão sobre racismo
Créditos: Gregg DeGuire/Getty Images

Por meio de suas redes sociais, o cantor Ozzy Osbourne compartilhou seu apoio à sua esposa, Sharon Osbourne, após ela deixar o posto de co-apresentadora do programa The Talk, da emissora americana CBS. 

Sharon se envolveu em uma "discussão acalorada" sobre racismo com sua co-apresentadora Sheryl Underwood. A emissora recebeu reclamações pela conduta da apresentadora e o caso passou por uma investigação interna. Em comunicado oficial, a CBS afirmou que Sharon Ousborne tomou a decisão de deixar o programa. 

"Os eventos da transmissão de 10 de março foram perturbadores para todos os envolvidos, incluindo o público que assistia em casa. Como parte de nossa revisão, concluímos que o comportamento de Sharon em relação a seus co-anfitriões durante o episódio de 10 de março não se alinha com nossos valores de um local de trabalho respeitoso", disse a emissora em comunicado via Deadline. 

Sheryl Underwood afirmou que Sharon Osbourne estava dando “validação” à “visões racistas”  ao apoiar o posicionamento do jornalista Piers Morgan, ex-apresentador do Good Morning Britain. A apresentadora defendeu o colega, que disse não acreditar nas palavras de Meghan Markle na entrevista para Oprah Winfrey.

Sharon reagiu às acusações de Underwood, afirmando que sentia que estava “prestes a ser colocada na cadeira elétrica”.

Após o episódio, Ozzy Osbourne declarou publicamente seu apoio à sua esposa Sharon. O cantor compartilhou uma foto do casal com a mão em formato de concha na orelha com a seguinte legenda: “Não consigo ouvir você! #TeamSharon”.