Rolling Stones continuarão com a turnê em homenagem à Charlie Whatts

O show deve continuar para os Rolling Stones

Rolling Stones continuarão com a turnê em homenagem à Charlie Whatts

O show deve continuar para os Rolling Stones, que embarcarão em sua turnê nos EUA no próximo mês, como planejado na sequência da morte do baterista Charlie Watts. "As datas da turnê dos Rolling Stones estão avançando como planejado", confirmou o promotor da Concerts West em um comunicado.

A banda já havia anunciado que para Watts seria "improvável de estar disponível" para as datas de turnê de outono nos EUA depois de passar por um procedimento médico. "Seus médicos esta semana concluíram que ele agora precisa de descanso e recuperação adequados", dizia um comunicado de imprensa da banda lido na época. "Com os ensaios começando em algumas semanas, é muito decepcionante, mas também é justo dizer que ninguém previu isso."

Steve Jordan foi nomeado como substituto de Watts para a turnê. O currículo do baterista inclui trabalhos com Eric Clapton, Bob Dylan, Neil Young, B.B. King, Stevie Nicks, John Mayer, Don Henley, Cat Stevens, James Taylor, Billy Joel, John Mellencamp, Donald Fagen e Rod Stewart.

A conexão de Jordan com os Stones remonta a décadas. Ele tocou no LP Dirty Work de 1986, enquanto Watts estava incapacitado devido às suas lutas contra o vício. Jordan tem permanecido próximo da banda desde então, mais notadamente tocando em todos os três álbuns solo de Keith Richards.

Watts, que morreu em 24 de agosto aos 80 anos, fez seu último show com os Rolling Stones em 30 de agosto de 2019, no Hard Rock Stadium, em Miami Gardens, Flórida, como parte da turnê No Filter. A turnê, que começou em 2017, estava prevista para ser concluída em 2020, mas foi adiada devido à pandemia.

A próxima etapa da Turnê No Filter dos Rolling Stones começa em 26 de setembro em St. Louis e termina em 20 de novembro em Austin.