Sem push para se defender, Rossi segura Maurício para vencer pela primeira vez na Stock Car

Sem push para se defender, Rossi segura Maurício para vencer pela primeira vez na Stock Car

Sem push para se defender, Rossi segura Maurício para vencer pela primeira vez na Stock Car

Por: motorsport.com

Logo após a primeira corrida, vencida de forma dominante por Ricardo Zonta, a Stock Car Pro Series realizou a segunda corrida no Velocitta, válida pela quarta etapa da temporada 2022. Matías Rossi chegou à sua primeira vitória na categoria, após segurar uma disputa dura com Ricardo Maurício até o fim mesmo sem poder acionar o push to pass.

Rubens Barrichello completou o pódio. Fecharam o top 10: Bruno Baptista, Tony Kanaan, Diego Nunes, Gaetano di Mauro, Sergio Jimenez, Daniel Serra e Nelsinho Piquet, enquanto Gabriel Casagrande foi o 11º.

Na primeira corrida, tivemos vitória de Ricardo Zonta, com Rubens Barrichello em segundo e Felipe Lapenna em terceiro. Aplicando a inversão dos dez primeiros colocados no grid para a formação da segunda corrida, tivemos Bruno Baptista na pole com Matías Rossi ao seu lado.

Na largada, B. Baptista saiu melhor e se manteve à frente, enquanto Nunes, Rossi e Serra disputavam a segunda posição, com o piloto da Blau levando a melhor, com o tricampeão em terceiro e Casagrande aproveitando a chance para subir para quarto.

Mas a bandeira verde durou pouco, devido a uma grande confusão na primeira volta, envolvendo Átila, Khodair, Felipe Baptista, Foresti, Suzuki e Massa. Isso levou à entrada do safety car. A relargada não demorou a acontecer, e B. Baptista conseguiu se manter à frente de Nunes e Serra, enquanto Casagrande buscava se aproximar de Serra pela última posição do pódio.

Com Nunes à caça de Baptista pela liderança, os dois vinham trocando voltas, e isso permitiu a aproximação dos outros carros do top 5, criando um trem na luta pela vitória.

O box foi aberto com 16 minutos ainda no relógio. Neste momento, um erro de Baptista permitiu o ataque de Nunes, mas isso abriu também a porta para que Serra desse o bote, assumindo a segunda posição, enquanto Barrichello aproveitou e saltou dois carros, subindo de quinto para terceiro.

No fechamento da janela de paradas, era Rossi quem ocupava a ponta, com Maurício em segundo, Barrichello em terceiro, B. Baptista em quarto e Kanaan em quinto. Ricardinho mostrava um ritmo melhor que o de Rossi, abrindo caminho para uma briga pela vitória no final.

Mais atrás, Zonta e Casagrande tiveram um enrosco a menos de 5 minutos do fim, levando a uma rodada do vencedor da corrida 1, enquanto o atual campeão ficou com o pneu raspando na carenagem. Isso levou à entrada do safety car.

A relargada aconteceu com dois minutos para o fim da regressiva. Rossi se manteve à frente de Maurício, enquanto mais atrás Serra buscava ultrapassar Casagrande, se aproveitando dos danos no carro do rival.

No final, mesmo sem poder usar o push to pass, Matías Rossi fez um grande trabalho para segurar Ricardo Maurício e vencer pela primeira vez na Stock Car. Rubens Barrichello completou o pódio.

Fecharam o top 10: Bruno Baptista, Tony Kanaan, Diego Nunes, Gaetano di Mauro, Sergio Jimenez, Daniel Serra e Nelsinho Piquet, enquanto Gabriel Casagrande foi o 11º.

A Stock Car Pro Series tira agora um mês e meio de intervalo, retomando as atividades da temporada 2022 nos dias 02 e 03 de julho, com uma rodada dupla no Velopark. No Motorsport.com você acompanha toda a ação da principal categoria do automobilismo nacional.
 

Sem push, Rossi segura Maurício para vencer pela 1ª vez na Stock (uol.com.br)