SEXO, DROGAS & ROCK'N'ROLL'... SERÁ?

Vamos abordar um ' bordão' clássico da história do rock....o já clássico jargão 'SEXO, DROGAS E ROCK'N'ROLL'. O que você leitor acha? Esse slogan ainda procede? Ou virou um mero Clichê?

SEXO, DROGAS & ROCK'N'ROLL'... SERÁ?
Fonte: Divulgação Grupo Tiozão Rockeiro Facebook
SEXO, DROGAS & ROCK'N'ROLL'... SERÁ?
SEXO, DROGAS & ROCK'N'ROLL'... SERÁ?

SEXO, DROGAS E ROCK'N'ROLL.....será?

Salve salve leitores e ouvintes da Rádio LED FM. Hoje vamos abordar um ' bordão' clássico da história do rock....o já clássico  jargão  'SEXO, DROGAS E ROCK'N'ROLL'.
O que você leitor acha?
Esse slogan ainda procede? Ou virou um mero Clichê?

Em tempos dessa 'mais perdida que cego em tiroteio' chamada geração milenium, em que nós, Tiozões e dinossauros viramos 'cringe', como você, leitor e rockeiro, enxerga e define a expressão ' sexo, drogas & Rock'n'Roll ' ??
Sabemos que, pela história do rock, um dia até já foi assim, principalmente nos 70's....mas hoje em dia, acho muito pouco provável.

Tomando como referência boa parte da faixa etária de público que tenho em meu grupo no Facebook, e, muito possivelmente da de ouvintes e leitores da rádio LED FM, acho q realmente virou  uma expressão remotamente relevante.

Comecemos pelo primeiro tópico...o SEXO.
Independente da idade, o sexo é parte da vida de todos nós....se não é...ao menos deveria ser.
Não pretendo aqui entrar na problematização da sexualidade de ninguém... principalmente pela ironia que tem envolvido tudo isso.
Essa coisa do 'novo normal'....tornou confusa a concepção de revolução. Já não é uma
 ' revolução sexual' faz tempo....tá mais pra guerra declarada contra o tradicionalismo familiar.

Alguns dos meus amigos " GLBTQ+"... são pessoas mais dignas do que muitos héteros que conheço, mas, em contrapartida, o respaldo judicial que essa "comunidade" recebe faz com que se achem no direito de empurrar goela abaixo uma postura bandeirosa que , de militante não tem nada, tá mais pra afronta mesmo.
Entrar na questão da liberdade sexual hoje em dia tá bem longe do que um dia foi considerada uma representatividade no Rock.

Deixando o SEXO de lado, vamos ao segundo tema do 'slogan'.....DROGAS.
Particularmente, sou obrigado a discordar de que essa história de que rockeiro é tudo chapado, maconheiro e porra louca! Não ao ponto de se generalizar o fato. Nem tampouco estou escrevendo para julgar ninguém, mas para fazer pensar e ouvir opiniões.

Essa tríade 'Sexo, Drogas e Rock'n'Roll' está mais ligada aos músicos dos anos 60 onde nasceu o movimento hippie e uma certa teoria de que as drogas abriam, e expandiam, a mente. Isso baseado na influência ancestral do ' bruxo, mago, feiticeiro ou chame lá como quiser... ALEISTER CROWLEY, que usou todas as drogas e ervas conhecidas. Há citações sobre Mr. Crowley em várias músicas do rock inglês, como na musica homônima de Ozzy Osbourne,  e por aqui, nas músicas do Raul Seixas nas suas parcerias com o Paulo Coelho.
 Saindo da música, o binômio "sexo e drogas" está presente na história da arte. Essa é uma parte da história...aliás... não só nos 60's...mas nos 70's também.
As drogas fizeram parte de uma geração que mudou o mundo e influenciou sim na atitude rockeira. Ajudou a quebrar paradigmas e abrir a cabeça para muitos além do mundo certinho e cheio de regras. As primeiras gerações foram reprimidas pelos pais e pelos filhos.,.que irônicamente se deparavam com pais doidões. 
As drogas 'tinham' um conceito de liberdade que hoje em dia não se aplica de modo algum, não tem mais  a conotação de outrora onde era a "expansão da mente" e aditivo para criatividade e etc. Principalmente a letargia e lisergia que proporcionavam.
É sabido que em 1967 o mundo estava 'in technicolor', querendo fugir do estilo monocromático anterior. Porém as drogas passaram a ser cada vez mais poderosas e fugindo da expansão para a dependência. 

Só não encontro explicação para a imortalidade de KEITH RICHARDS ....rs...isso é um mistério da humanidade!
Aliás... Keith Richards conta que nunca teve problemas com as drogas...rs...apenas com a polícia!

Em sua biografia VIDA Keith disse que o seu segredo era que nunca ele foi pra biqueira, nunca usou serviço de traficantizinho de esquina. Eram médicos e pessoas que vendiam as coisas sem nenhuma modificação para "vender mais". 

Não concordo com apologia, mas por outro lado aprendi a respeitar como escolha de cada um...até certo ponto, pois cada um cada um, mas  tem muito usuário que não passa de uma 'celula boba' de tanto estrago que fez em si mesmo....e temos um triste exemplo no que
 'sobrou' do nosso eterno e amado Ozzy Osbourne!
Já tentou comparar Ozzy e Keith Richards?
Ozzy tem sorte em estar vivo...Keith é um enigma pra ciência...mas ambos são patrimônios vivos da história do rock'n'roll.

Cada pessoa sabe de si, cada pessoa é dona de seus próprios atos, mas no geral, por mais porra loca que uma pessoa  tenha sido na vida, um dia acaba dando um basta...ou no mínino diminuindo o ritmo.
Ou seja, podem até ter se tornado pessoas ' caretas',  mas nem por isso menos rockers.
E outra..o que é caretice e o que não é?
Eu sempre fui careta, eu, Sandro, sempre fui isento dessa piração, nunca tive vontade, curiosidade, sei lá....nunca me fez a cabeça,  e olha que sempre estive no meio de bandas,  e olha que nem por isso, por ser careta, isso fez de mim alguém "menos" rocker!

No fundo a minha bronca com drogas é simplesmente pelo fato de isso ter tirado a vida de uma porrada dos meus ídolos....pois como um dia sabiamente disse um certo Cazuza....."meus heróis morreram de overdose" !!!
Você nunca se perguntou o que estaria fazendo Kurt Cobain hoje em dia se estivesse vivo? Ou Amy Winehouse? Ou Janis, Hendrix, Morrisson? Nunca se perguntou isso? Pois eu me pergunto frequentemente. Por fim...encerrando o enredo...temos o ROCK!

Em tempos de música ruim e gêneros duvidosos, principalmente aqui em terras tupiniquins, é meio óbvio que os que realmente são Rockeiros muitas das vezes são pessoas maduras,que já passaram a casa dos 40,  que geralmente são pais e mães de família, que ralam, trabalham, correm atrás, educam filhos, educam netos, e temos agora essa responsabilidade ' hérculea' de educar essa geraçãozinha tik Tok, de consumo rápido e fácil, fast food para o cérebro...pq pensar cansa!
Não quero generalizar....e não posso desmerecer os que batalham por um futuro, e trabalham e estudam e muitas vezes até cuidam de suas famílias...mas boa parte dessa geração é uma vergonha, uma decepção.

Acho mesmo que nossa ideologia rockeira mudou com o passar dos anos, com a cultura, com a internet e o consumo abusivo da música como entretenimento de fácil acesso. 
E sempre procuro ver isso de forma positiva.
Não sou nenhum formador de opiniões, nem tampouco tenho essa pretensão, mas gosto de incitar o questionamento, gosto de ter um tema p se colocar na roda e com isso receber o feedback de opiniões que me ajudam a  conhecer as pessoas que participam do meu grupo no Facebook ou nas páginas onde sou Publisher.
E o Rock....o rock será sempre nossa trilha sonora... será sempre o fundo musical de nossas almas!

Somos todos nós, cada um à sua maneira, malucos beleza...
..somos todos nós...cada um à sua maneira...metamorfoses ambulantes, eternos contestadores e questionadores da hipocrisia social e de um mundo que muita vezes gostaríamos que não fosse o nosso, o da superficialidade de almas.  Todo rockeiro tem potencial sensibilidade, uns mais, outros menos, mas todos já somos especiais, identificados em nossas tattoos, nossas camisas de banda, e no sorriso largo que abrimos inconscientemente qdo cruzamos na rua com um desconhecido usando aquela camisa da banda que você ama e já rola uma simpatia que só rockeiro entende!
Já dizia nosso querido e icônico Oswaldo Vecchione da banda Made in Brazil... 'Deus salva.....o Rock ALIVIA'..….e então só quero acrescentar....'assim seja'!

Então eu lhes pergunto.  O que é a real postura de 
" tiozão rockeiro" pra você? O que define o " nosso " perfil???!

Sandro Guatura
A.k.a Tiozão Rockeiro.