Um ano após sua morte, famosos prestam homenagem a Chadwick Boseman

Lupita Nyong'o, Mark Ruffalo e Viola Davis fizeram publicações em redes sociais

Um ano após sua morte, famosos prestam homenagem a Chadwick Boseman

Chadwick Boseman, astro de Pantera Negra, morreu exatamente há um ano, após lutar em segredo contra um câncer de cólon. O óbito do ator de 43 anos mobilizou, à época, fãs e famosos de todo o mundo. Neste sábado (28), artistas e colegas relembraram o legado de Chadwick e prestaram homenagens em suas redes sociais.

"Eu não sabia que poderia sentir falta de sua risada e de seu silêncio em igual medida. Eu sinto. Eu sinto... Um ano após sua passagem, a memória de Chadwick Boseman continua viva assim em mim", escreveu a atriz Lupita Nyong'o, que dividiu o set de gravações com o ator em Pantera Negra.

"Não dá para acreditar como o tempo passou rápido. Estou pensando em você hoje, Chadwick Boseman", publicou Mark Ruffalo, intérprete do Hulk em Vingadores.

"Neste dia no ano passado você deixou esta Terra e a nós. Cara, você faz falta!", escreveu a vencedora do Oscar Viola Davis, que contracenou com Chadwick em A Voz Suprema do Blues.

Como o Pantera Negra da Marvel, Chadwick estrelou filmes como Capitão América: Guerra Civil (2016), o próprio Pantera Negra (2018), Vingadores: Guerra Infinita (2018) e Vingadores: Ultimato (2019). Ele estava escalado, ainda, para uma sequência de Pantera Negra e a série What If, que foi lançado recentemente no Disney+. 

Antes de interpretar o Pantera Negra, em 2013 Chadwick estrelou o longa 42: A História de uma Lenda, sobre Jackie Robinson, o primeiro jogador afro-americano da Major League Baseball dos Estados Unidos. No ano seguinte, foi a vez de dar vida na tela a James Brown na cinebiografia Get on Up: A História de James Brown (2014), de Tate Taylor.