Vivian Campbell se arrepende de não ter feito as pazes com Ronnie James Dio

Em entrevista, o guitarrista falou sobre a relação, convívio e o motivo que levou ao desentendimento que teve Dio

Vivian Campbell se arrepende de não ter feito as pazes com Ronnie James Dio

Por: RockBizz

Em entrevista ao site Vintage Rock, o guitarrista Vivian Campbell (Def Leppard) falou, dentre inúmeros assuntos, sobre a relação, convívio e o motivo que levou ao desentendimento que teve com o saudoso Ronnie James Dio, em meados da década de 1980.

“Eu gostaria de esclarecer: Eu fui demitido do Dio, eu não saí da banda por minha vontade”, disse o guitarrista. “É um erro as pessoas pensarem que eu deixei a banda, já que eu nunca quis sair do Dio. Fui demitido no meio de uma turnê”, explicou. “Eu era quem estava tentando fazer com que Ronnie cumprisse suas promessas e fosse fiel às suas palavras, o que não funcionou. Com isso, eu acho que nunca houve qualquer chance de trabalharmos juntos novamente”, acrescentou.

“A esposa de Ronnie, Wendy, até o dia em que ele morreu, ela era sua empresária – e ela nunca me viu como alguém de valor para Ronnie. Ela sempre pensou que eu era apenas um guitarrista e eu era facilmente substituível. Acredito que Ronnie me conhecia um pouco melhor. Então, acho que se Ronnie e eu tivéssemos nos conhecido sem Wendy, tivéssemos ido a um pub e tivéssemos tomado uma cerveja e conversado sobre as nossas diferenças, acho que poderíamos ter trabalhado juntos novamente, o que teria sido ótimo. Mas enquanto Wendy estivesse controlando sua carreira, isso nunca aconteceria”, pontuou.

Vivian Campbell ainda comentou que se arrepende de não ter feito as pazes com Ronnie: “Nós dois dissemos coisas ruins um sobre o outro na mídia, o que nunca é uma boa ideia. Todos cometemos esses erros, o que foi lamentável. Mas Ronnie era um cara complicado, assim como todo mundo. Tivemos dias em que nos dávamos muito bem, no entanto, havia dias em que eu achava ele um idiota total, e tenho certeza que ele pensava exatamente o mesmo sobre mim.

Eu sempre achei o nosso relacionamento muito tenso por causa de… Porque eu era muito tímido perto de Ronnie. Eu tinha 13 anos quando ouvia Ronnie no Rainbow E Black Sabbath, então, ter 20 anos e estar no estúdio em Los Angeles com ele, e ter todo esse ambiente foi muito diferente, surreal.

Estar em uma banda com um cara cujos álbuns eu ouvia desde os meus treze anos de idade era meio estranho. Além disso, ele era muito mais velho do que eu. Eu até sentia a vontade de chamá-lo de Senhor. Então, foi um pouco estranho ter esse tipo de relacionamento. Eu nunca me senti muito confortável perto dele”.

Ao lado de Dio, Vivian Campbell assina os seguintes trabalhos: Holy Diver (1983), The Last in Line (1984), Sacred Heart (1985), The Dio E.P. (1986) e Intermission (1986).

Vivian Campbell Se Arrepende De Não Ter Feito As Pazes Com Ronnie James Dio - RockBizz